EUA – San Diego e o Museu Submarino Soviético

Oi Gente

As vezes pequenas coisas na vida, faz a gente pensar que ela é realmente interessante.

Quando na minha vida eu, uma simples mortal,  poderia imaginar que iria entrar dentro de um submarino de verdade.

 

Pois bem, ontem isso aconteceu… E foi muito interessante.
Mas, já aviso antecipadamente, se você tem algum problema de Claustrofobia (medo exagerado de estar em lugar fechado, confinado, com pouco espaço), infelizmente, não acho uma boa idéia você visitar esse museu.

O submarino B-39 foi confeccionado perto dos anos 70 e esteve ativo por mais de 20 anos. Ele fazia parte de uma frota de submarinos soviéticos chamado de “Projeto 641”. (informação tirada do folder do museu).

HORÁRIO DE VISITA DAS 9H00  AS 20H00.
PREÇO: PAGAMOS 13 DÓLARES PARA VISITAR OS 3 MUSEUS.

Antes de entrar na visita ao museu do submarino, você precisa passar por dentro desse circulo,para poder medir a sua capacidade de andar dentro do museu

Vamos lá com algumas outras fotos

Olhem  ai a resposta para a foto anterior. E a largura da visita é exatamente essa. Dá para imaginar?

É maquinário para todos os lados. Ao caminhar dentro do submarino fiquei imaginando como os soldados, os tripulantes conviviam aqui dentro? Me deu um sufoco só de pensar nessa possibilidade.

Pequeno espaço de armazenamento de bebidas

  O telefone ficava no meio de tantos fios, que loucura.

 

Por aqui era o único contato visual sobre o que estava acontecendo acima deles

O local de onde os torpedos eram disparados. Imaginem o tamanho desse negócio.

Sinceramente nunca tinha imaginado, ou tinha a menor ideia como era um torpedo. Pelo tamanho dá para imagina o estrago que isso fazia quando se alvo era atingido. Que loucura e tristeza.

 O vaso sanitário ficava próximo a cabine de comando.
 Dentro desse submarino, além desse vaso sanitário havia mais dois, próximos a sala dos torpedos. Sendo assim, haviam 3 sanitários para servir a uma tripulação de 78 homens. Um desconforto total.
Enfim, a experiência foi muito interessante, mas te confesso que o ar aqui fora é bem melhor, mas gostoso e sem sufoco. Acho que não daria conta de viajar dentro de um submarino.
Era isso por hoje.
Obrigada pela sua visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.
Um abraço.