Comemorar 80 anos e celebrar a vida

Oi Gente

Hoje venho dividir aqui com você um momento bem legal da nossa família, onde comemoramos os 80 anos de minha mãe e aproveito, também, para deixar as dicas aqui dos fornecedores da festa, aqui da nossa cidade de Londrina, os quais nos atenderam muito bem e ficamos satisfeitos. Saiba um pouco por aqui….

O que você irá ver nesse post?

Quero aproveitar o aniversário de minha mãe para falar um pouco sobre a importância de comemorar o aniversário de um idoso.

Somos descendentes de italianos e de família grande e, quando se fala em festar é uma delícia, pois o agito já começa antes. Já “abrimos os serviços” na sexta a noite, com alguns parentes que já haviam chegado, em um lugar bem gostoso aqui da nossa cidade, Zononi bar e petiscaria,

Fiquei pensando em como escrever esse post e decidi trazer algumas fotos do evento que irei intercalando, enquanto comento a respeito, um vídeo legal da história da família e, ainda, dar algumas dicas aqui de Londrina, dos fornecedores que contribuíram para essa comemoração que preparamos do níver da Deusa e que ficamos satisfeitos com os serviços prestados.

A comemoração dos 80 anos de minha mãe que,  por sinal, já nos deu alguns sustos, veja aqui e aqui,  foi preparada com muito carinho e como forma de celebrar e agradecer por  uma história de vida que é um exemplo para todos nós.

A importância da comemoração de aniversário para o idoso

Quando temos pessoas em nossa família que já passaram dos 60,70 e já estão entrando nos 80, sou da opinião que é preciso sim celebrar essa data, principalmente se essas pessoas forem seus pais. Celebrar não significa ostentar e sim comemorar com pessoas que fizeram e fazem parte da história de vida do (a) aniversariante, respeitando o que ele(ela) quer para seu aniversário.

Deusa viúva, com 3 filhos e 2 noras, 1 genro e 8 netos – Na foto acima, estão 06 dos 8 netos

Primeiramente é preciso saber se o aniversariante tem o desejo de celebrar e trocar ideias a respeito e a partir daí, de preferência, fazendo com que ele(a) participe ativamente da preparação e, assim,  envolver os demais membros da família como os irmãos, por exemplo,  no caso dos pais, a fim de decidirem juntos  o que poderá se fazer para que o idoso possa desfrutar de um momento de sua vida, onde possa sentir que tudo valeu e vale sempre a pena. Nesse caso, a aniversariante topou e fez questão de colaborar confeccionando todas as lembranças da festa, que foram bem elogiadas.

Lindas toalhinhas de lavabo de linho, com rendas de algodão

Penso que temos que fazer para as pessoas que amamos o que for possível, enquanto eles (elas)  estão aqui com a gente e, quando se quer celebrar alguma coisa, basta sim um pouco de vontade dos filhos e, independente de que tipo de festa, é possível preparar algo para esse momento importante na vida de um idoso. É muito legal poder ver a alegria deles curtindo o seu níver.

A decisão de comemorar ou não, vale lembrar, que pode ser tomada com bastante antecedência, para que cada membro da família possa colaborar no decorrer dos preparativos. 

De um família de 12 irmãos, 06 homens e 06 mulheres, alguns já nos deixaram e nos resta as saudades e boas lembranças dos tempos de convivência. Hoje, continuam a famîlia 06 irmãos. Na foto, 5 deles (da esquerda para a direita – Luzia, Neide, Frank, Deusa e Lucia). A irmã mais velha, Marta com 93 anos não pode estar presente).

Com quase sessenta anos e, quem me conhece sabe que adoro uma festa, já participei de comemorações de vários tipos:  desde comemoração em uma garagem com pão e carne-moída em um casamento, até lugares que mais pareciam a ilha da fantasia (lugares daqueles que você não imagina existir) mas, o que mais me chama a atenção nessas celebrações, é poder sentir de fato os afetos verdadeiros que estão ali presentes.

A família do filho mais velho – (Marcia, Deusa, Ricardo, Frederico – a neta Natália e seu marido Bruno e a bisneta Paola, não compareceram pelo fato da Paola ser muito novinha).

Hoje, com a variedade de opções que se tem no mercado, com a ajuda da tecnologia, onde vários cursos gratuitos, do faça você mesmo e, com a colaboração das pessoas, sejam profissionais ou nem tanto, é possível sim fazer algo para que seu idoso, com tantas histórias de vida e dedicação a família se sintam amados e revigorados para que tenham vontade de viver mais e mais.

A família da única filha a do meio (Ademir Calegari, Maria Gabriela, Deusa, Eu, João Henrique e a nossa caçula Malu e o marido Danilo, que nos dará um neto esse ano, está morando fora do país e não pode comparecer).

E, você mesmo(a) e com a equipe da família poderá sim organizar uma festa legal que poderá significar muito a sua mãe, pai, avô, avó, tios tias e, ainda, dar uma oportunidade de encontros com amigos e familiares que é uma delícia.

A família do filho caçula (Rafael(namorado) e Rafaela, Monica e Carlos Augusto, Deusa, Carolina e Fernando (casados) e Júlia e Maurícios (noivos).

E, para aqueles que não manifestam esse desejo, por que não preparar uma surpresa?

A lista de Convidados

Sinceramente, acho que essa é a parte mais complicada, pois quando é preciso realizar a lista de convidados para uma pessoa de 80 anos, com uma família italiana enorme, com a família do marido enorme, com os amigos de uma vida e não querer deixar ninguém de lado, aí realmente fica complicado pensar em uma festa. Mas, primeiramente é preciso ver o orçamento e o que é possível ser feito diante do contexto. 

Algumas amigas da Deusa da atualidade

No nosso caso, tínhamos o limite de 80 pessoas. Não tinha pensado nisso, mas 80 anos e 80 pessoas e definir as 80 pessoas era um desafio da própria aniversariante que não conseguia chegar a esse número. É sempre um problema lidar com os limites.

Amiga e comadre de anos de amizade e boas lembranças de infância

A solução foi convidar apenas a parte da família da minha mãe e pouquíssimos amigos que estão mais próximos dela nessa fase de sua vida.

Sobrinhas da Deusa  Lucia e Noimi de Piracicaba

Se você faz parte de uma família grande,  sabe bem como é  essa questão na hora de preparar qualquer evento. Mas, não sei se concordam comigo, que delícia poder fazer uma lista de convidados e ter que ficar triste por não poder chamar mais e mais pessoas que são importantes em nossas vidas. Pensem bem como isso é bom e, por outro lado,  que triste, talvez, querer fazer uma festa, ter condições e, as vezes, ter que arrumar “figurantes” que não tem muito a ver com você para que se possa realizar uma festa.

Abaixo, mais fotos de alguns convidados e, a seguir as informações de nossos fornecedores.

Os sobrinhos Delcino, Vera Dolenz, Verinha e Fernando Dolenz

Família Lopes

Sobrinhos: Tomás, Estela, Deusa, João Pedro, Marcos

Sobrinhos: Luciano, Deusa, Pedro Henrique

Sobrinhas Netas: Isabela, Deusa, Marianny

Sobrinhos e Sobrinhos Netos: Rodrigo, Maria Estela, Mateus e Rafael

Sobrinhos: Bruno, Ana Lucia, João Francisco

Sobrinhos: Marcia, João Victor, Deusa, Rogério, e namorada do João

Abaixo o vídeo que o meu irmão Carlos preparou, com um pouco da história desses 80 anos e de nossa família. Alguns presentes no filme, já nos deixaram e como foi bom ter convivido com eles. As saudades ficaram nas histórias de nossas vidas e a família, embora com os novos desafios dessa contemporaneidade, onde nem sempre é possível estar juntos, é uma delícia quando se pode estar juntos, principalmente em uma festa.

Como organizamos e as dicas dos nossos fornecedores 

O convite

Como a família é grande e temos um grupo no Whats app, contamos com a colaboração da Paula, uma querida prima do meu genro, da cidade de Uraí a qual,  com muito carinho,  elaborou um convite desses que se usa eletronicamente, o que nos facilitou pela praticidade.

Aproveito para agradecer a Paula Barison que é muito habilidosa para realizar esse trabalho e outros  nessa questão de comemoração e  que nos presenteou com o seu trabalho. Mas, deixo seu telefone aqui, caso queiram algo semelhante: 

Paula Barison: Fone: (043) – 99814-1816

Decidido o local e o número dos convidados, vamos atras dos orçamentos que pudessem contemplar os limites.

Local 

 

O local escolhido aqui em Londrina, onde tenho certeza que se você conhecer vai adorar também, é o Espaço do Chef, uma chácara confortável, aonde você se sente como se estivesse em casa. Muito lindo, tudo funcionando muito bem, com um visual incrível e, ainda, você praticamente não precisa gastar muito com a decoração, pois a beleza do espaço já deixará sua festa bem legal. 

O Espaço do Chef está bem estruturado com louças, talheres, copos e o mais importante uma cozinha bem equipada para que a equipe ou buffet que irá cozinhar tenha uma boa estrutura, além de oferecer refrigeradores muito bons para as suas bebidas. Ao alugar o espaço já vem junto o cuidador do carro. 

Buffet

Geralmente, ao comemorar uma festa de 80 anos de idade, é bem provável que você receberá muitos convidados com idades mais avançadas e, pensando assim, nada melhor que uma refeição para ser servida, uma refeição onde possa ter algumas opções simples para todos os gostos. Pensando assim, resolvemos contratar a equipe da Dona Wilma (vou deixar o telefone dela abaixo).  Sabe aquela senhora que nos passou segurança, contratamos  tudo pelo Whats app e, acreditem se quiser, só fui conhecê-la pessoalmente no dia da festa de manhã e nos passou uma tranquilidade quanto ao fato de que tudo sairia bem e, realmente, fiquei o dia toda tranquila e na hora da festa, só elogios pelo atendimento, o cardápio e os temperos.

Super indico, antes de organizar qualquer tipo de recepção, independente do número de pessoas, até um jantarzinho em casa, vale a pena entrar em contato com ela. ok? Ai vocês combinam. No meu caso, ela levou a equipe e seu educadíssimo filho que nos auxiliou em tudo. Nota 10 a toda a equipe e sem dúvidas voltarei a contratá-la.

D. Wilma : (043) – 99807-6496

Bebidas

 Quanto as bebidas, foram compradas nos supermercados da cidade e entregue ao local.

O Bolo

Como moradora antiga de Londrina e consumidora de bolos e doces, encomendamos o Bolo da Dalva que aqui na nossa família já é tradição encomendar com ela e até temos uma regra: Aniversário dos mais novos – bolos de chocolate e cada um escolhe o seu e aniversários dos mais velhos – bolos brancos com frutas, ou de morango.  O bolo é feito no dia, nada de bolo congelado, bem fresquinho e simplesmente uma delícia. É feito por encomendas ok?

Dalva: ( 43) -3342-6263

Docinhos

Os docinhos optamos pela empresa Doce Sabor, também uma confeitaria mais antiga aqui em Londrina, onde somos consumidores de lá, sempre a contento.  Encomendamos, eles fazem degustação caso queiram. Custoxbenefício muito bom.

Doce Sabor: (43) 3324-7344

Pequena decoração

A decoração simples, com pouco custo, deu um ar da graça na festa. Pegamos dois arranjos na  Floricultura Kikuchi, ja falei dessa dica aqui., para a mesa do bolo. As demais mesas preparamos apenas uma garrafinha com 1 gérbera pink e um galho de musquitinho. Os guarda-napos eram nossos, confeccionados pela aniversariante. 

Fotógrafo

Embora hoje em dia o que mais temos, após uma festa, são inúmeras fotos pelos aparelhos celulares, resolvemos contratar um profissional para algumas fotos de família para aproveitar a ocasião e o escolhido para o nosso evento foi o Bruno Ferraro, fotógrafo conceituado aqui na nossa cidade e gostei muito do seu trabalho e super indico.

Bruno Ferraro: (43) 98409-4977

Cabeleireiro

Quem nos deu um “truque”como ele costuma nos dizer, foi o querido Alexandre Azak, do Visage Cabeleireiros, onde tem uma equipe de profissionais muito competentes aqui na nossa cidade,  que nos atendem há algum tempo já em Londrina. Já falei sobre ele por aqui.

Alexandre Azak: (43) 98409-2860

A base da nossa família é de imigrantes italianos, os quais deixaram suas terras para aqui iniciarem novas histórias de vida e, posso estar errada, acredito que isso faça com que a palavra família seja um significante muito forte que vai se passando de geração em geração.

No dia seguinte, tentado juntar a família, após uma feijoada para mais uma foto com aqueles que ficaram no domingo.

A família cresce, entram os “agregados” (kkk),  como costumamos dizer , que vão ou não se adaptando ao jeito da família, mas só entende esses laços de sangue e de vivência aqueles que participaram, tiveram infância na casa da avó, com os primos, tios e histórias que não acabam mais e, quando acontecem esses encontros, reviver as histórias, algumas tristes que lacrimejam os olhos e outras, pelo contrário,  de chorar de rir, faz nos pensar que, por mais “loucuras” que possa parecer a sua grande família ela sempre nos lembrará que tudo valeu e sempre vale a pena.  

Quero aproveitar para agradecer todos que participaram desse final de semana com a gente, os amigos e familiares e, com certeza, os 80 anos da Deusa, será mais um encontro que  ficará marcado na história de nossa família

Enfim, gente comemorar 80 anos de uma pessoa querida de nossas famílias vale muito a pena, por mais trabalho e gastos que possam dar, pois é uma oportunidade não só para agradecer e celebrar a vida de uma pessoa especial, mas também para trazer para gente lembranças e pessoas que fizeram e fazem parte da nossa história de vida. 

Ao escrever esse post e dividir com você um pouco da nossa história de família, espero que possa servir como incentivo, quem sabe, para que  possa fazer com que você se anime e pense seriamente em comemorar a longevidade de alguém querido(a) da sua família. Dá um pouco de trabalho sim, mas são esses os melhores momentos que podemos deixar na história de nossas vidas. 

Preparar e realizar um encontro de família com os mais velhos é, sem dúvida, talvez um momento único para o idoso, mas também para aqueles que participaram da história dele.

Era isso por hoje.

Obrigada pela sua visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.