Oktoberfest em Blumenau – A festa da cultura alemã

Oi Gente

O post de hoje se refere a uma viagem à Blumenau, onde aproveitei para conhecer um pouco da famosa oktoberfest, a pioneira e melhor festa do país da cultura alemã. Divido aqui com você, um pouco do que tive a oportunidade de ver por lá. Saiba um pouco por aqui…

Resultado de imagem para blumenau oktoberfest 2019

Quando começou a Oktoberfest?

Foi no início da década de 80, na cidade de Blumenau, Santa Catarina, colonizada por alemães,  que alguns empresários empresários, representantes de entidades de classe e o poder público da cidade, em conjunto, idealizaram um evento onde pudessem realizar na cidade uma festa, como a da Alemanhã, com o objetivo de divulgar e celebrar  a cultura alemã. 

No ano de 1984, inspirada pela festa de mesmo nome na Alemanha, nasceu o primeiro evento da Oktoberfest de Blumenau, com 10 dias de festa e a presença em torno de 100 mil pessoas. 

Após esse primeiro evento, a Oktoberfest  passou a fazer parte, anualmente, dos eventos da cidade. Na década de 90 e início dos anos 2000, essa grande festa alemã se consolidou, sendo considerada um dos maiores eventos turísticos do Brasil e, ainda, uma das maiores Oktoberfests do mundo, sendo a cerveja a protagonista da festa.

Ano a ano, essa festa foi sendo prestigiada com o aumento de público e mantendo os elementos da cultura germânica local, a Oktoberfest de Blumenau atrai para cidade em torno de 500 mil pessoas, onde passam dias prestigiando as tradições, com muita música, danças, gastronomia típica, trajes típicos e, claro, muita alegria e muito chope.

Os dois últimos dias da Oktoberfest

No post anterior dividi aqui com você sobre o lindo desfile de rua da Oktoberfest, que aconteceu no último sábado da Oktoberfest de 2019.

Como disse no post anterior, fomos a Blumenau eu e meus dois filhos Gabi e João Henrique, apenas passar um final de semana, onde fui conhecer a minha sobrinha neta, a querida Paola e aproveitei para ver um pouco da festa da Oktoberfest por lá.

Infelizmente, apenas os mais jovens curtiram a festa noturna e eu dei conta apenas de ver o desfile e passar na vila germânica, durante a manhã de domingo, pois tínhamos pouco tempo e precisa estar em Londrina na segunda-feira de manhã. Vale lembrar que de Londrina a Blumenau são, em torno, de 630 km. 

 

Assim decidimos dar uma passadinha por lá e aproveitar para almoçar com a família, antes do retorno a nossa querida Londrina.

Almoço ao preço de 49,90 por pessoa, a vontade, com deliciosas comidas típicas, diversidades de saladas e sobremesas. Esse restaurante fica bem próximo a entrada da Vila do lado esquerdo.

Para aqueles que chegam à Vila antes das 13 horas a entrada é gratuita e, após esse horário, é cobrado a entrada.

No domingo, último dia da Oktoberfest, o movimento estava muito grande e, quando saímos de lá e, ainda, na estrada o movimento era imenso de veículos se dirigindo a Blumenau.

A Vila Germânica

Essa foi a 36a edição da Oktoberfest de Blumenau, onde passaram por lá em torno de 600 mil pessoas. Sabe o que é isso? Receber um número tão grande de visitantes em uma cidade que tem a população, aproximadamente, de 350 mil habitantes?

Uma festa tipicamente alemã que teve início no dia 9 de outubro e terminou nesse último domingo 27 de outubro. A Oktoberfest Blumenau é considerada a maior festa de origem alemã do Brasil e a segunda maior do mundo, perdendo apenas para a maior do mundo a Oktoberfest de Munique.

Nessa festa, a cultura alemã é apresentada através da gastronomia típica, nos diferentes tipos de cervejas e chopes e das bandas germânicas.

Artesanatos

 

Há uma variedade de artesanatos típicos que você poderá adquirir nas diversas lojas espalhadas pela Vila Germânica, algumas até mesmo importadas.

Os Pavilhões

As bandas tocam nos 3 grandes pavilhões da Vila Germânica durante a noite e, também, durante o dia. É divertimento para todas as idades.

Confesso que fiquei encantada com o que vi em Blumenau, a linda festa e o nível da organização. O Brasil não é feito só de tragédias e de acontecimentos ruins, como nos querem mostrar os jornais. É preciso olhar, também, para quantos acontecimentos, eventos e realizações boas que o nosso país oferece. 

 

O Brasil é feito de um povo guerreiro, acostumado a lutar mesmo nas adversidades que a vida se impõe. O importante é a cada dia se movimentar, dando cada um o seu melhor, para que essa nação possa ser respeitada. Blumenau é um exemplo disso. Uma cidade inteira unida para que um evento como esse possa levar a marca registrada da sua cidade e dos seus cidadãos.

 

O encontro com a família e poder conhecer a minha primeira sobrinha neta, além dos passeios na Oktoberfest com eles, fez desse final de semana algo especial. Amei.

Veja a seguir um pequeno vídeo que fiz por lá e aproveite para se inscrever no meu canal do youtube: https://www.youtube.com/channel/UCbtTsNBWXLv9AuO9Y4F7iQw

 

 

Enfim, depois de um final de semana delicioso, é hora de pegar estrada novamente de volta para  casa e, apesar do movimento, chuva forte e neblina pelo caminho, chegamos em casa com mais algumas lembranças em nossas histórias de viagem.

Era isso por hoje.

Obrigada pela sua visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.