Ben E. King – Voz e músicas que se tornaram imortais

Oi Gente

Hoje resolvi postar aqui para você sobre esse cantor americano de soul, Ben E. King, com uma voz maravilhosa e tem umas canções que são verdadeiros clássicos. Infelizmente ele morreu esse ano no início de maio de 2015, com 76 anos.

Ben E King 2

Ben E. King – Saiba um pouco sobre ele por aqui.

Tem alguns cantores que passam por essa vida e deixam sua marca gravada nas histórias de vida das pessoas. Esse é o caso de Ben E. King. Hoje em dia ser cantor não é fácil, a disputa por um espaço se torna cada vez mais difícil, mas se torna cada vez mais raro um cantor se despontar pelo talento simplesmente ou devido a sua voz inconfundível. Hoje com um bom investidor por trás de um cantor ou de um futuro cantor, é mas fácil encontrar um lugar ao sol, sem contar que as aparelhagens do mundo eletrônico consegue dar um jeito em qualquer defeito de voz.

Por isso curto muito os cantores antigos pois, além de comporem letras e melodias nas suas músicas inconfundíveis, eles cantavam com aquilo que eles tinham de melhor que era a sua voz. Como curto bastante saber da história de vida de pessoas que fizeram a diferença nesse mundo, hoje resolvi colocar aqui para vocês um pouco da história de Ben E. King e de algumas de suas músicas que marcaram época…

Mas quem é afinal esse Ben E. King? Ele é um cantor soul americano. Soul (inglês) que em nossa língua significa alma. Cantor soul é um ritmo de música que agrupa o blues com a música Gospel, que teve grande aceitação no mercado de música no final da década de 50 e início da década de 60 que eram cantadas principalmente pelos negros afro-americanos.

King nasceu em Henderson, Carolina do Norte nos Estados Unidos e aos 09 anos mudou-se para Nova York onde morou no Harlen. O Harlen é um bairro considerado o lugar do nascimento do Jazz e que até hoje se alguém quer ouvir ou assistir algum culto com música gospel é lá o lugar.

Gente antigo mas que delícia de música – Estava entre as 10 mais tocadas da época. King passou a fazer parte desse grupo em 1959 com o sucesso de uma música: “There goes my baby”.

Com esse grupo Ben só gravou 13 músicas e devido a problemas de contratos acabou deixando o grupo em 1960 para dar inicio a uma carreira solo. “Save the Last Dance for me” foi um dos grandes sucessos junto ao grupo.

Na sua carreira solo o seu primeiro grande sucesso em 1961 foi a música “Spanish Harlem”. Mas o que o consagrou nessa carreira solo foi a música que até hoje ainda faz muito sucesso e é imortal “Stand by me”.

“Stand by Me”. “There Goes My Baby” e “Spanish Harlem” foram nomeados como três dos The Rock and Roll Hall of 500 músicas de Fame que Shaped Rock and Roll e cada um desses registros, bem como “” Save The Last Dance For Me “ganhou um Grammy Salão da Fama .

Como membro da The Drifters e como artista solo, o rei tinha conseguido cinco hits # 1 e ganhou 12 Top 10 hits e 25 Top 40 hits de 1959 a 1986. Ele foi introduzido no Hall da Fama do Rock and Roll como um membro da O Drifters e ele também foi nomeado como um artista solo.

Em 2014 ainda fez turnê por vários locais do mundo, incluindo o Japão.

A música Stand By Me é considerada uma das melhores no século XX. Embora ela tenha sido gravada em 1961, foi regravada várias vezes e fez parte de um número considerável de trilhas famosas.

De acordo com a Empresa Musical BMI essa música foi a quarta mais tocada nas rádios e televisão dos Estados Unidos durante o século XX. Também foi utilizada em diversos comerciais.

A biblioteca do Congresso americano colocou a música no registro nacional das gravações e a colocou na categoria de “tesouros americanos”.

Enfim,  com essa voz inconfundível B.E. King trabalhou ativamente até a sua morte, fazendo várias turnês. Criou uma fundação com o nome “Stand by Me” com sede em sua casa em Nova Jersey, para apoiar a educação de jovens.

São ícones da nossa música, da boa música que com certeza a sua passagem por essa vida será sempre lembrada na história da humanidade.

Referencia:

http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/noticias/morre-ben-e-king-cantor-do-classico-stand-by-me