Letchworth na Inglaterra – A primeira cidade Garden City do Planeta

Oi Gente

O objetivo do post de hoje é dividir aqui com você essa visita que fiz a cidade de Letchworth na Inglaterra, a primeira cidade Garden City do Planeta. Mas O que são essas cidades Garden City? Venha saber um pouco sobre isso por aqui…

 

Acompanhando meu marido em trabalho pela Inglaterra, resolvi me aventurar sozinha viajando de trem por algumas cidades pequenas próximas uma da outra para conhecer um pouco mais sobre a região. Abaixo no mapa você pode ter uma ideia onde fui parar…

Foto da Wikipedia

Estava hospedada na cidade de Baldock, já falei sobre ela por aqui, e mostrei também um post sobre a linda Igreja daquela cidade, construída no ano de 1150, pela ordem dos cavaleiros templários, fique a vontade para dar uma olhadinha nessa linda Igreja clicando aqui.

Viajei no final de junho e início de julho de 2018, no verão europeu, onde o clima estava muito quente e, segundo os amigos ingleses, já fazia muito tempo que isso não acontecia por lá. O legal dessa época por lá é que podemos aproveitar bem o dia até as 21 horas mais ou menos, horário em que começa a escurecer. Assim, deu tempo de conhecer duas cidades próximas a Baldock, onde eu estava hospedada. 

 

Estação de Trem de Baldock

A primeira cidade então foi a pequena e importante Letchworth Garden City, bem próxima de Baldock, em torno de 6 quilômetros de carro e indo de trem que passa a cada 20 minutos. A viagem durou em torno de 5 minutos, com o bilhete comprado na própria estação, ao preço de 2,70 pounds, em torno de 13 reais. É muito fácil e seguro viajar de trem pela Inglaterra.

 

Letchworth próximo a estação de trem

Saí da cidade de Baldock e, como tinha que retornar no mesmo dia, resolvi ir na cidade mais próxima e foi aí que acabei conhecendo essa interessante cidade que, possivelmente, arquitetos e estudantes de engenharia civil e arquitetura já devam ter estudado a respeito. A cidade é Letchworth e é a primeira cidade Garden City do Planeta, cujo modelo foi com o passar dos anos sendo copiada em várias lugares do mundo.

Sobre a cidade de Letchworth Garden City

A cidade de Letchworth Garden City está localizada no Distrito de Hertfordshire, na Região Leste da Inglaterra, com uma população (senso de 2011) de 33.249 habitantes.

 

Chegando na cidade procurei o centro de informações turísticas para saber o que seria interessante visitar em pouco tempo que ficaria por lá. Estava a pé e fui informada que essa é a primeira cidade Gaden City do Planeta e fui atrás de saber um pouco sobre o que isso significava.

 

 

 

Caminhando pela cidade e querendo aproveitar o tempo, almocei o famoso fish and chips que você encontra em toda a Inglaterra e por onde você passa, sempre falam que aquele é o melhor da Inglaterra (kkk), ao preço de 12 pounds, acompanhado de 1 refrigerante, ou seja: 61 reais. É gente, nosso real anda muito desvalorizado.

 

Mas afinal o que é esse conceito de cidade jardim?

Tudo começou por um livro escrito por Ebenezer Howard que foi publicado em 1898, onde havia a ideia de se criar um lugar, cidades que fossem sustentáveis. Esse livro teve um efeito por todo o mundo com o título de: “Tomorrow: A Peaceful Path to Real Reform” (Amanhã: Um caminho pacífico para a reforma real).

O conceito delineado no livro não é simplesmente de planejamento urbano, mas também inclui um sistema de gestão comunitária. Por exemplo, o projeto Cidade Jardim seria financiado por um sistema de Howard chamado de “Taxa Rentável”, que combinava financiamento para serviços comunitários (taxas) com um retorno para aqueles que investiram no desenvolvimento da cidade (aluguel) (aluguel).

Com o crescimento econômico nos países industrializados, no final do século XIX, havia a necessidade de pensar na reestruturação dos espaços urbanos para que as diferentes classes sociais pudessem usufruir do mesmo espaço público da cidade.

 

O nome da cidade é tirado de uma das três aldeias cercadas (as outras duas são Willian e Norton). A terra usada foi comprada pelos Quakers que pretendiam cultivar a área e construir uma comunidade Quaker. A cidade foi projetada por Raymond Unwin como uma demonstração dos princípios estabelecidos por Ebenezer Howard, que procurava criar uma alternativa à cidade industrial, combinando o melhor da cidade e do campo.

Nessa cidade também é onde foi criado o primeiro famoso e conhecido “roundabout” no ano de 1909 do Reino Unido. O “roundabout” são o que conhecemos por aqui como rotatória, que sai por vários direções.

Como uma das primeiras cidades novas do mundo e a primeira cidade jardim, influenciou o mesmo modelo para várias cidades ao redor do mundo.

Em 1903, a Garden City Pioneer Company é estabelecida com o objetivo de criar a Primeira Cidade Jardim. Depois de analisar uma série de lugares, a empresa compra 3.818 acres de terra perto de Letchworth e a visão de Howard se torna realidade.

 

Em 1904, arquitetos e urbanistas, Raymond Unwin e Barry Parker, são consultados para começar a planejar a cidade no centro do estado de Letchworth. Seu foco é a criação de um empreendimento com moradia melhor e mais acessível para os pobres, áreas para a indústria para melhorar as oportunidades de emprego e espaços verdes abertos e um parque para recreação. 

The International Garden Cities Exhibition

Aproveitei para visitar a casa, daquela época, onde serviu de escritório para os arquitetos planejarem a cidade e também um deles residiu por um tempo por lá. Abaixo algumas fotos que fiz e divido aqui com vocês.

Fica bem próximo ao centro da cidade, podendo chegar a pé para realizar a visita. A visita é gratuíta.

 

Este belo e único edifício de palha foi projetado em 1907 como o escritório de desenho original da cidade para arquitetos e urbanistas, Parker e Unwin.

 

Richard Barry Parker (1867-1947) arquiteto inglês um dos responsáveis pelo projeto de Letchworth Garden City.

 

Parker e Raymond Unwin ( 1863-1940) engenheiro, arquiteto, em conjunto executaram o projeto da Cidade Jardim de Letchworth.

Abaixo algumas fotos do museu, onde estão os móveis e locais onde os dois arquitetos trabalhavam em conjunto em seus projetos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O planejamento das Cidades-Jardins

Pesquisando na web, achei esse texto interessante falando sobre esse conceito das Cidades-Jardins e resolvi trazer aqui, alguns trechos para que possa entender um pouco mais sobre o assunto.

“A visão utópica de Howard foi uma tentativa de resolver os problemas de insalubridade, pobreza e poluição nas cidades por meio de desenho de novas cidades que tivessem uma estreita relação com o campo. Ele apostava nesse casamento cidade-campo como forma de assegurar uma combinação perfeita com todas as vantagens de uma vida urbana cheia de oportunidades e entretenimento juntamente com a beleza e os prazeres do campo;”

Desta união, o movimento das pessoas de cidades congestionadas se daria naturalmente como um imã para uma cidade próxima da natureza que ele considerava ser fonte de vida, riqueza e felicidade. Além disso, a indústria se deslocaria para o campo como estratégia de desenvolvimento econômico simultaneamente a produção agrícola que teria mercados prontos da cidade próxima ao núcleo rural.

Sua intenção não era criar um subúrbio jardim, mas uma entidade cidade-campo em combinação permanente com dimensões controladas de 2.400 hectares para 32.000 pessoas, sendo 2.000 hectares para a área rural de 2000 habitantes e 400 hectares para a parte urbana de 30000 habitantes dividas em 6 partes ou bairros com 5.000 habitantes. A zona agrícola agiria como um amortecedor contra o crescimento incontrolável do centro populacional. Para Howard, quando uma cidade atingisse a sua capacidade de suporte, novas cidades deveriam ser formadas em torno de uma cidade central de 58.000 habitantes, um núcleo cultural, formando uma constelação de cidades interligadas por meio de ferrovias e rodovias.

Dentro dos ideais de Howard, o direito ao espaço era o mais defendido por ele, por influencia do cooperativismo, onde as terras agrícolas adquiridas para a instalação da cidade seriam registradas em nome de industriais de posição responsável e honra indubitável que arrendariam para os futuros moradores. O lucro comumente obtido pelo empresário loteador serviria para amortizar a dívida do empréstimo e seria revertido para a comunidade, em forma de infra-estrutura e edifícios públicos como patrimônio coletivo. O comércio e a indústria seriam incentivados por meio de baixas taxas e longos prazos de arrendamento para possibilitar a fixação de novos moradores.

Howard concebia sua Cidade-Jardim de forma a propiciar aos homens mais liberdade em uma vida comunitária renovada, diferentemente de empreendedores que pensam somente na eficácia e no rendimento. De acordo com Otoni (6), ele tinha a síntese conciliadora entre o socialismo e o individualismo, pois não acreditava no liberalismo do Estado Inglês e nem na atuação do Estado socialista controlador de todas as atividades. Reduzia o papel do Estado ao município e acreditava que sua cidade-jardim poderia ser uma empresa privada. Por isso Howard teve apoio das mais variadas posições políticas com sua posição moderadora.

Em 1903, a “Primeira Cidade-Jardim Ltda” foi registrada como propriedade mista autorizada para vender ações para levantar o capital necessário. Isto significa que nenhuma cooperativa formal foi estabelecida e não ficou claro quando as posses de terras seriam transferidas para a comunidade. Isto só veio a ser concretizado sessenta anos depois.”

Se quiser continuar a leitura com mais informações sobre as cidades-jardins veja por aqui.

O que mais pode-se visitar em Letchworth Garden City

Para aqueles que tiverem mais tempo, caso visite essa cidade, terá vários outros pontos interessantes para se conhecer visando entender melhor todo esse conceito da primeira cidade Garden City. Estudantes de Arquitetura, Engenharia e Profissionais da área, acredito ser um lugar de grande valia para seus conhecimentos. Vou deixar alguns deles aqui para que você possa ter um ideia.

1– Spirella Building

 

Criada para a famosa empresa Spirella Corset, a fábrica de beleza promoveu boas condições de trabalho e instalações de lazer para os trabalhadores Healthy Happy construída em três entre 1912 e 1920, esta magnífica construção, agora classificada, oferece uma parada pitoresca na cidade jardim.

 Mas como tudo não dá para se ver em uma única viagem e sempre temos que fazer escolhas, preferi ver de perto essa história sobre o fato de ser a primeira cidade Garden City e todo o seu conceito.

2- 1905 & 1907 Exhibition Cottages

 

Pouco depois do nascimento da Cidade Jardim, Letchworth foi o lar de duas exposições experimentais de habitação. Essas exposições desempenharam um papel fundamental na formação da Garden City de hoje. Três casas de quartos foram construídas por 150 pounds, excluindo os custos da terra.

3- Norton Common

São 63 hectares de um belo parque no coração da cidade, a uma curta distância do centro da cidade e da estação ferroviária. Carinhosamente conhecida como a casa dos famosos esquilos pretos de Letchworth, a propriedade oferece hectares de grama e bosques intactos, quadras de tênis, boliche e uma piscina ao ar livre em estilo de 1935. 

4. The Settlement



Próximo do Norton Common, caminhando 2 minutos, construído em 1907, está o famoso pub The Skittles Inn, Letchworth, sem cerveja, onde as instalações era oferecida com a atmosfera de um pub sem as tentações da bebida. É um dos edifícios mais característicos e projetados com a sensibilidade do início da Garden City. 

Em 1925, The Skittles Inn tornou-se The Settlement, um centro de educação de adultos e atividades locais que ainda está em uso hoje.

5 – Mrs Elizabeth Howard Memorial Hall

O primeiro edifício público da cidade, pago por assinatura pública em memória da primeira esposa de Ebenezer Howard, Lizzie, que morreu em 1904, pouco depois da Primeira Cidade Jardim foi inaugurada.

6- Sollershott Circus
Achei hiper interessante conhecer a primeira rotatória criada no Reino Unido e que está localizado nessa cidade.


Escondido nas profundezas das ruas arborizadas da Broadway, você encontrará o primeiro ‘sistema de fluxo de tráfego giratório’, construído no Reino Unido. No plano municipal original elaborado em 1904, os arquitetos Parker e Unwin elaboraram um plano detalhado da rotunda que foi criada em 1909.

 

Chegando na cidade é interessante se dirigir no Letchworth Garden Tourist Information Centre

33-35 Station Road

Letchworth – 01462 – 487868

atende até as 16h30. Um pessoal muito  atencioso que te orientará sobre os pontos legais da cidade.

Assista abaixo um pequeno vídeo que fiz por lá, lembrando que estou aprendendo ainda a trabalhar com edição de vídeo. Espero melhorar no futuro. kkk Mas tá valendo a intenção de trazer aqui algo em movimento para você.

 

Enfim gente, viajar de trem e conhecer cidades no interior da Inglaterra é fácil, rápido e barato e se você tem um pouco de conhecimento na língua inglesa, pelo menos o básico, é possível dar conta.

 

Era isso por hoje.

Obrigada pela sua visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.

 

Referências:

Foto Spirella Building – By Ruth Sharville, CC BY-SA 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=13685011

http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/04.042/637

Fotos do Pinterest sobre as opções para se ver em Letchworth

Tradução do folder sobre algumas opções de passeios na cidade de Letchworth Garden City.