Dica de Filme: Extraordinário

Oi Gente

A dica de filme que trago aqui para você é sobre o filme Extraordinário, e na sua versão original Wonder. Um filme que contará a história de Auggie, um garoto que passou por 27 cirurgias por ter nascido com a Síndrome de Treacher Collins e tem o desafio de enfrentar uma escola a partir da quinta série…

Sinopse:

Auggie (Jacob Tremblay) nasceu, para surpresa de seus pais, com a Síndrome de Treacher Collins https://biosom.com.br/blog/causa-do-zumbido/sindrome-de-treacher-collins/

passou por 27 cirurgias que colaboraram com vários aspectos de sua saúde, como audição, fala, respiração, porém sem eliminar as marcas de sua face, com as deformidades causadas pela doença.

Durante a sua primeira infância foi educado pela mãe em casa (interpretado pela Julia Roberts). Mas é chegado o momento de ingressar  na 5a série. Era preciso que Auggie convivesse em sociedade. 

O seu ingresso na escola chama a atenção dos demais colegas, não acostumados com o diferente, o que leva Auggie a sofrer bullyng por parte de algumas crianças. Mas, aos poucos, ele consegue reverter esse quadro enfrentando as situações diárias e consegue fazer alguns amigos verdadeiros, mostrando que a sua garra, com apoio familiar e compreensão de pessoas envolvidas na trama, é possível superar esses obstáculos.

 

O filme retrata a expectativa e preocupação dos pais quanto ao fato do filho ser bem recebido na escola e como seria essa sua adaptação perante as demais crianças. Uma questão que nos faz pensar sobre os problemas da inclusão no ambiente escolar.

Outra questão interessante para se pensar que o filme traz para se refletir é o fato da irmã adolescente, criada em um ambiente onde o irmão, com problemas, demanda toda a atenção dos pais. A outra filha, enquanto tinha a avó que fez essa função substituta,lidava melhor com a situação. Mas após a  morte da avó, iniciam-se as suas questões sobre o sentimento de abandono.

Via (Izabela Vidovic), a irmã mais velha de Auggie se sentia anulada na família e, passando por um problema com a sua melhor amiga, essa questão fica mais acentuada para a adolescente.

O filme merece o seu nome extraordinário, por trazer as telas questões vivenciadas por muitas famílias e uma forma de fazer com que o público possa refletir sobre assuntos delicados que geram sofrimentos. É também extraordinário o desenvolvimento de Auggie ao enfrentar a sua condição, podendo não se colocar como uma vítima,mas sim como um protagonista de sua própria história.

Enfim, Auggie nos mostra que ele é “extraordinário”. É um filme que vale a pena assistir para que se possa refletir sobre questões ali apresentadas e que fazem parte de assuntos do dia-a-dia das escolas, onde estão envolvidos a criança, a escola e os familiares. Um filme educativo que poderá servir como exemplo em questões similares enfrentadas no mundo educacional.

Era isso por hoje.

Obrigada por sua visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.