500 milhas de Londrina de 2016 – 25 anos

Oi gente

O post é sobre esse evento das 500 milhas de Londrina de 2016, realizado ontem no dia 26/11/2016, no autódromo internacional Ayrton Senna, em sua 25 edição. Estive por lá, com um motivo especial de prestigiar o Gugo, noivo da minha filha, em sua primeira corrida. Trouxe algumas cenas de lá para você….

img_7123

Eu, sinceramente, não entendo nada de automobilismo, mas em se tratando de esporte e dos apaixonados por corrida, acho bem interessante ver a dedicação dos pilotos, a garra das equipes, a torcida. E a gente sabe que esportes como esses, em um país como o nosso, não é lá tão fácil para se manter. Mas, quando se tem paixão por corridas e automóveis, a dedicação e união daqueles que acreditam que pode, vão trabalhando e com esforços conseguem fazer das 500 milhas  essa atração anual em nossa cidade.

Algumas curiosidades da história dessa corrida

A prova 500 milhas já comemora seus 25 anos esse evento já tem várias histórias a serem contadas. 

O autódromo Ayrton Senna foi inaugurado no dia 23 de agosto de 1992, com a participação em torno de 10.000 pessoas para prestigiar mais essa obra importante da cidade. “… a inauguração do Autódromo Internacional de Londrina que contou com Pedro Muffato dando a volta experimental na pista, além de duas provas de F3 Sulamaricana onde o argentino Gabriel Furlan escreveu seu nome na história como o primeiro vencedor “. p. 12

Mas o nome do Autódromo não era esse, ele foi batizado com o nome de Norman Prochet e só passou a ser alterado esse nome para Ayton Senna, no mês de junho de 1994, após a morte do tricampeão mundial de Fórmula 1, no triste acidente que deixou toda nossa população em luto, no dia primeiro de maio na Itália, em Ímola.

Lembrando que as fotos abaixo é da corrida de ontem ok?

img_7121

Autódromo inaugurado, e após quatro meses exatamente, “nascia a “500 Milhas de Londrina”, prova de endurance em comemoração ao aniversário da cidade e com a finalidade de fechar a temporada do automobilismo paranaense”.

img_7141

A primeira prova foi organizada por empresários curitibanos, mas a segunda prova a organização já foi assumida pelos pilotos já a partir do ano seguinte: Aloysio Moreira, Beto Borghesi e Daniel Procópio.

img_7150

 Em 1995 – “marca a entrada definitiva dos protótipos da prova de endurance paranaense, o que anos mais tarde seriam as grandes estrelas da prova. Os já conhecidos protótipos Aldee fabricados em São Paulo eram os grandes favoritos, mas um projeto local roubava a cena”.

img_7154

Em 1996 – “Uma novidade marcaria a edição de 1996 das 500 Milhas de Londrina: a largada seria alterada para a tarde (15h) e o final da corrida aconteceria a noite – o quer seria mais uma marca registrada”.

img_7147

O trabalho da equipe é muito legal nesse tipo de esporte

Durante esses 25 anos, mais de 600 pilotos já disputaram a prova divididos em diferentes categorias. 

img_7149

“Três pilotos estão entre os maiores vencedores por terem conquistado 3 vitórias cada um na categoria geral: Fabio Machado (2002,,2005 e 2006), Jair Bana (1995, 2001 e 2010) e Ronan Kowaizuk (1993, 1994 e 1997)”.

“Entre os maiores vencedores por categorias, dois nomes são destaque com 6 vitórias cada um: João Finardi venceu por duas vezes na categoria Speed, uma vez na categoria Marcas, uma vez no Grupo II, e duas vezes no Grupo I, subindo ao degrau mais alto do pódio nas categorias em 1997, 1998, 2001, 2002, 2003 e 2007”.

img_7148

Aqui a Gabi, minha filha, dando uma forcinha para o noivo Gugo, que estreou como piloto na corrida. Filho de Aloysio Moreira que também correu na prova desse ano e já conquistou, com Osvaldo Ferreira (dupla), a primeira colocação em dois anos da prova, 2013 e 2014.

img_7129

Danilo, Malu, Gabi, João Henrique. O Calegari, em viagem, não pode estar esse ano com a gente.

img_7128

Carlos, meu irmão, Danilo, namorado da minha filha Malu, Malu, Gabi, João Henrique (meus filhotes) e Mônica, minha cunhada.

O dia estava lindo, porém com  muito calor. A turma toda aí torcendo para o Gugo. Abaixo um pouco da corrida par você.

As informações aqui postadas foram extraídas da Revista que conta toda a história desses 25 anos das 500 milhas, preparada por Vitor Garcia – assessor de Imprensa da VG3 e produzida por Aloysio Moreira, Beto Borghesi e Daniel Procópio.

Era isso por hoje.

Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.