A famosa Oktoberfest dos gaúchos para você

Oi Gente

Você, provavelmente,  já deve ter visto falar sobre a Oktoberfest no Rio Grande do Sul,na cidade de Santa Cruz do Sul. Pois é, essa linda festa, de tradição alemã, está acontecendo nesse período de 05 a 16 de outubro e já é a 32 edição desse evento nessa cidade charmosa do interior do Rio Grande do Sul. Fiquei sabendo por aqui que é a segunda melhor oktoberfest do nosso país, depois de Blumenau.

O post que trago aqui para você é sobre o que vi por lá, durante uma tarde, algumas fotos e o que achei dessa experiência, com algumas dicas…

img_6019

Como a cidade fica distante de Porto Alegre apenas 150 km, com a pista dupla quase chegando lá, aproveitei, junto com meu filho e minha cunhada,  para dar uma passadinha por lá. Não tinha programado a viagem e resolvemos, de repente, ir até la e, acredite se quiser, por telefone e pela internet não havia um único lugar na cidade ou uma vaga de hotel disponível. Mas, mesmo assim, resolvemos arriscar e, infelizmente, chegamos lá e não conseguimos um hotel para dormir. Assim, o jeito foi fazer um bate e volta. 

img_6038

Então já  vai aí a primeira dica, caso você queira ir para lá e curtir toda a programação da festa. Não faça como eu (kkk) É bom planejar sua viagem com antecedência.  Tem algumas opções de estadia nas cidades próximas, mas não sei se é interessante por se tratar de uma festa onde você, provavelmente, irá tomar algum chopp. E não custa lembrar que bebida alcoólica e direção não combinam não é mesmo?

Na foto acima, é a rua central que está toda preparada para o desfile temático que acontece por lá. A programação total da festa poderá ser acessada nesse site http://www.oktoberfestsantacruz.com.br.

img_6032

Os canteiros da cidade estão todos floridos. Falando em cidade, achei um charme Santa Cruz do Sul, me deu a impressão de estar passeando em uma cidade européia, daquelas que a gente passa no interior da Alemanha. Que gracinha de cidade.

img_6042

 Santa Cruz do Sul é aquela cidade que, quando a gente chega, dá a impressão de um lugar tranquilo para se viver, muito bem cuidada, limpinha, calma e toda florida. Ela difere muito da grande maioria das nossas cidades brasileiras, infelizmente. Uma cidade que sua população está em torno de 100.000 habitantes.

img_6050

Depois de tentarmos mais alguns hotéis, sem sucesso, resolvemos então aproveitar o tempo que tínhamos para o nosso passeio e fomos direto para o local onde acontece esse grande Evento, que fica fora do centro da cidade, em torno de 1,5 km e nos dirigimos direto ao estacionamento, onde o preço foi 15,00 reais.

img_6051

Depois de um certo tempo viajando, eu fui aprendendo que o importante em uma viagem é curti-la sem aquele desespero de querer ver tudo com pressa e correria e percebi que isso não adianta. Prefiro ver o que dá tempo, até porque tudo não dá mesmo.

O legal é curtir  com calma o que der para ver, onde a gente possa levar na bagagem de volta algo que fique registrado em nossa experiência. E experiência de viagem gente é única e individual, porque para cada viajante/turista isso acontece de modo diferente.

img_6052

Gosto muito de uma propaganda, acho que é da Azul, onde diz que o “melhor jeito de viajar é o seu” e é mesmo, cada um tem o seu jeito de curtir e aproveitar do seu jeito cada viagem. Para mim, gosto de tentar ver as pessoas, como as histórias são escritas por cada lugar e, se puder, levar nas lembranças algo dos momentos que ali passei e experiências que vivenciei. As fotos e souvenirs são apenas símbolos para nos remeter a esses momentos.

Após o estacionamento, fomos comprar os ingressos  onde os preços variavam de 10,00 a 20,00 reais por pessoa, entre meia e inteira.

img_6053

O dia estava muito bonito, e o clima hiper favorável. Antes de entrar já fiquei encantada com os canteiros de flores para todo lado. Já disse por aqui o quanto adoro a diversidade e cores das flores que a natureza nos oferece todos os dias e, as vezes, não temos tempo de perceber ou observar o quanto é lindo tudo isso.

img_6060

Entrando na festa, primeiramente fomos procurar um lugar para almoçar, até porque estar bem alimentado em viagens é fundamental para dar conta das caminhadas. O que não falta ali é opção nesse sentido, desde doces, salgados, refeições, café colonial, e comidas típicas alemãs.

img_6092

Optamos por esse local, onde se serve um belo café colonial, com opções de carnes, saladas, salgadinhos, tortas, doces e tudo o mais.

img_6064

No sistema de Buffet, você fica a vontade para a sua escolha e paga por aquilo que consumir.

img_6075

Só para se ter uma ideia de algumas opções de sobremesa. Tudo bem feito com muita dedicação e uma delícia.

img_6089

Esse local é um centro de tradição alemãs que incentiva na cidade atividades que fazem parte dessa cultura, fazendo com que se mantenha a tradição nas gerações mais novas.

oktoberfest-santa-cruz-3

Não sei se você sabe, a ocktoberfest se originou em 1810, quando um rei chamado Ludwig chamou toda a população em Munique para celebrar o seu casamento. “A festa, para a qual estavam convidados todos os moradores de Munique, aconteceu num parque longe do centro, batizado Theresienwiese, em homenagem à noiva. Ainda hoje, é neste mesmo parque que acontece a Oktoberfest de Munique. O encerramento e ao mesmo tempo ponto alto da festa era a corrida de cavalos, com a presença da família real da Baviera. O enorme sucesso fez com que fosse marcada outra festa para Outubro do ano seguinte, e assim começou a tradição.” https://pt.wikipedia.org/wiki/Oktoberfest

oktoberfest

O local é uma graça, te passa muitas informações do trabalho do pessoal durante o ano e também você pode observar vários prêmios dos grupos de dança, bem como saber sobre a história dessa festa.

oktoberfest-5

Olha que legal gente um dos trajes típicos do folclore alemão. A festa tudo bem organizada, bem limpa e a gente observa a dedicação e atenção do pessoal que ali estavam trabalhando. Pelo menos, no pouco tempo que estive por lá, fiquei contente com o que vi. Muitas pessoas de idade circulando durante o dia, famílias com crianças, em um clima calmo, seguro. 

img_6055

Nesse horário da tarde, havia apresentações das crianças, de suas danças com os pais e familiares dando o maior apoio. Uma gracinha.

img_6057

 

img_6105

img_6111

Caminhando na Festa você encontra as mais variadas opções da culinária alemã e também pavilhões com exposição de vários artigos vindos de todos os cantos do país, principalmente dos Estados do Sul, com preços convidativos.

img_6107

Infelizmente gente, acabei voltando mais cedo para não chegar tão tarde em Porto Alegre, pois meu filho encontrou uns amigos por lá e ficou para curtir uma festa a noite. 

Quanto ao chopp tem em todos os lugares e vários sabores, mas o agito mesmo fica para noite.

img_6113

Os pavilhões são bem espaçosos com várias opções de mercadorias para o público. Visitamos também um projeto dentro do parque interessante sobre preservação ecológica, o qual farei um post para você logo mais.

img_6141

Na saída do parque, encontramos essas lindas gaúchas visitando a feira.

img_6145

Eu voltei dirigindo com minha cunhada e o nosso amigo GPS. Mas acho que voltamos batendo papo e olha só o que aconteceu, perdi a entrada de Porto Alegre e fui parar lá em Esteio e já estava noite. De repente, tentamos fazer um retorno e acabamos em uma estrada sem saída. Imagina uma estrada escura, parecendo um breu. 

Confesso para você que ficamos com um pouco de medo, mas acabamos achando o retorno, só tinhamos andado uns 13 quilômetros a mais. As vezes esse GPS nos coloca em fria. (kkk).

Chegando em Porto Alegre, embora eu já saiba disso, tem que cuidar a entrada para a cidade,  pois se perder a primeira entrada a direita, que é única, vinda desse lado, vai ter que andar alguns quilômetros a mais como a gente.

Mas é assim gente, viajar tem dessas coisas as vezes e faz parte das aventuras. O medo surgiu, devido a esse momento violento que está passando a capital gaúcha.  E a noite fica um pouco mais difícil se localizar.

Espero que esse momento triste de violência em nosso país, principalmente em Porto Alegre, possa passar rapidamente.

Era isso por hoje

Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.