Chilli Beans Fashion Cruise e Alexandre Herchcovitch

Oi Gente


O post de hoje é sobre um dos pontos altos do Chilli Beans Fashion Cruise, que era saber sobre a marca Herchcovitch pelo próprio Alexandre Herchcovitch e o seu novo desfile. Veja por aqui o que foi dito na sua rápida entrevista por lá.

IMG_5637-imp (1)

IMG_5592 (1)-imp

O desfile na realidade foi uma referência a seus 20 anos como estilista. E o estilista informou que está lançando a coleção para a CIA embasado nas peças mais vendidas dos últimos 10 anos de sua criação.

IMG_5594

Foram lançados 70 itens masculinos e femininos, incluindo aqui até o vestido de noiva, que a C&A, cadeia de lojas internacional de moda, traz como novidade em suas coleções, ao preço menor que 300,00 reais.

IMG_5598-imp (1)

A ideia dele é fazer um guarda-roupa completo, chegando do mais simples até o vestido de noiva. Ele sempre acreditou na moda como sendo para todas as pessoas,

IMG_5615-imp (1)

Alexandre comenta que fast fashion, ou seja roupas com preços mais populares, não significa ser necessariamente uma roupa descartável, sempre há a possibilidade de adequação.

IMG_5606-imp (9)

Hoje você observará campanhas de moda e desfiles sem se preocupar com a estação, ou seja verão e inverno juntos, bem como desfile de homens e mulheres ao mesmo tempo.

IMG_5600 (1)-imp (2)

As pequenas marcas acharão seus nichos. Na Alemanha aparecem as coleções inteligentes com poucas peças. São diversas marcas hoje que estão compondo o seu guarda-roupa.

IMG_5601-imp (2)

Quanto a questão da roupa sem gênero, ele comentou que ela tem que vestir o homem e devido as diferenças de corpo o homem usará roupas mais justas, porém dificilmente um homem irá usar sutiã, por isso esse tipo de roupa acaba tendo uma versão mais masculina.

IMG_5603-imp (5)

Ele falou também um pouco sobre o Reality Show que ele criou em 8 episódios. Ele não conhece para quem estará costurando. As pessoas se inscrevem para participar em São Paulo . Ele assume um desafio, depois de ser apresentado a pessoa, em costurar em 48 horas a roupa para que seja usada por ela. Esses episódios já foram todos gravados, mas ainda não foram ao ar.

IMG_5610-imp (9)

Com essa experiência de gravar esses oito episódios, ele pode comprovar o quanto a pessoa se preocupa sim com as roupas e esse papo de dizer que a pessoa não liga para o vestuário não é bem assim. A roupa se completa quando ela é usada.

IMG_5611-imp (2)

O trabalho do estilista acaba quando o cliente compra. Ele, o estilista, tem que pensar no cliente independente se ele usaria ou não a sua criação. O estilista é aquele que pensa em como transformar um tecido em uma roupa, tem que dominar todas as áreas de modelagem, costura, acabamento e quando se desenha tem que se pensar em todos os materiais para que se possa ser realizado o modelo.

IMG_5608 (1)-imp (10)

Na CIA eles dão toda a liberdade para criar. A quantidade é grande, essa marca se preocupa mais em manter o preço final. Já outra marca a La garçonne em São Paulo já está mais voltada para a sustentabilidade, trabalhos com Brecho, reuso de materiais, ou seja roupas novas com tecidos antigos. Aqui se faz o desmanche e a reutilização dos materiais. Ele afirma que tem produzido muito nessa área e que é do seu perfil não conseguir ficar parado.

IMG_5630-imp (18)

Então gente, a entrevista foi bem rápida, ele entrou deu o seu recado e saiu rapidinho e somente a noite ocorreu o seu desfile, esse aqui das fotos que foi um dos melhores desfile de lá. Foi apresentado no teatro do Navio.

IMG_5624-imp (1)

 Achei bem criativo o desfile, com músicas bem legais e no final o momento onde se reuniram todos os modelos no palco, foi bem interessante pois eles ficaram em um círculo e esse palco começou a rodar dando as possibilidades da gente observar todos os modelos juntos.

IMG_5597-imp (1)

 IMG_5631-imp (5)

IMG_5632-imp (10)

IMG_5637-imp (1)

Era isso por hoje.

Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.