24 mulheres mais poderosas do século XX (II)

Oi Gente

Então complementando o primeiro post sobre as mulheres poderosas do século XX,  aí estão elas. Algumas continuam atuando em  pleno vapor…

11 – Angela Merkel (1954 –

O seu nome completo é Angele Dorotheia Merkel e ela é simplesmente a mulher a comanda e dirige a Alemanha. É cientísta e política. De acordo com a Revista Forbes hoje é considerada a segunda mulher mais poderosa do mundo. E pensar que a mulher há poucos anos atrás estava lutando simplesmente pelo seu direito de votar…

 

12 – Aretha Franklin (1942 – )

Aretha Louise Franklin – É uma cantora gospel e soul que virou um ícone da música negra na sociedade norte americana. É reconhecida como uma das melhores vocalistas da história.

 

13 – Hillary Clinton (1947 – )

Hillary Diane Hodhan Clinton – política americana, já foi primeira dama dos Estados Unidos, Senadora, Secretária de Estado do Presidente Barack Obama, até 2013. Incentivou o poder das mulheres em todos os lugares, utilizando-se das mídias sociais para comunicar a mensagem dos EUA no exterior. Após deixar o cargo no primeiro governo do Barack Obama, autografou seu 15 livro e empreendeu palestras antes de anunciar sua segunda corrida pela nomeação democrata na eleição presidencial de 2016.

14 – Corazon Aquino (1933-2009)

Também conhecida como Cory Aquino, foi presidente das Filipinas em 1985 a 1992. Foi a primeira mulher a ocupar um cargo desses no continente asiático, bem como foi a líder do movimento que derrubou a ditadura no seu país sendo considerada uma heroína pelo seu povo.

 

15 – Estée Lauder (1908-2004)

Em 1946 fundou sua própria empresa de cosméticos, ensinamentos que aprendeu com um tio químico e farmacêutico. Para divulgar seus produtos e não ter acesso a televisão, nos anos 50 começou a reunir senhoras em suas salas de visitas e a demonstrar seus produtos fornecendo também as pequenas amostras grátis. Foi uma das primeiras marcas a divulgar seus produtos em lojas de departamento e expandir seus negócios em todo o mundo.

16- Gloria Steinem (1934 – )

Jornalista, ativista defendendo os direitos das mulheres. Trabalhou como freelance no new York Time e sempre denunciou injustiças contra as mulheres, é escritora. Já escreveu livros como a Revolução de dentro, e escreve sobre raça, gênero, classe e as questões com a violência.

17- Julia Child (1912-2004)

Autora de livros de culinária e apresentadora de tv americana. Seu jeito simples de expor a culinária francesa ajudou a divulgar e ensinou milhares de americanas a cozinhar e a mudar a forma de se alimentar com mais saúde. É um ícone nessa área.

 

18- Madonna (1958 – )

Madonna Louise Ciccone é cantora, compositora, atriz, dançarina, empresária e produtora musical e cinematográfica Norte-Americana. Quebra todos os preconceitos. Amada por muitos e também criticada por outros. Mas é uma mulher poderosa dentro do que se propõe a fazer.

 

19- Madre Teresa de Calcuta (1910-1997)

Um religiosa católica, de origem albanesa, conhecida como a santa das Sarjetas, fundou a congregação “Missionária das Caridades”. Considerada a maior missionária do século XX.

20- Margaret Tatcher (1925 –     ).

Foi a primeira ministra do Reino Unido de 1979-1990. É conhecida como a “Dama de Ferro”. Sobreviveu a um atentado de assassinato em 1984, foi dura com os sindicatos e fazia uma crítica a União Soviética, atitudes essas que justificaram  a fama de “Dama de Ferro”.

 

Resultado de imagem para Martha Stewart

21- Martha Stewart (1941 –

Apresentadora de TV, grande empresária americana, tem muita influência sobre o modo de comportar-se das mulheres americanas. Atualmente tem o programa Marta Stwart living, que aqui no Brasil é apresentado pela GNT.

22- Oprah Winfrey (1954 –

É apresentadora de Tv. Empresária norte-americana, atriz. Já dirigiu e comandou um programa de Talk Show com o maior índice de audiência nos Estados Unidos. Recebeu Oscar por sua atuação no filme “Cor Purpura”. É a primeira mulher negra a ser incluída na lista de bilionários do século XX. É também uma das maiores filantropas dos Estados Unidos.

 

23-  Rosa Parks (1913-2005)

Uma ativista afro-americana que lutou pelos direitos civis. Foi atuante nos movimentos de direitos humanos. Se tornou um ícone na resistência a segregação racial.

 

24-  Sandra Day O´connor (1930 –

Jurista estadudinense. Foi Juíza associada da Suprema Corte americana e entre suas atuações se caracterizou pela sua moderação com equilíbrio entre o “conservadorismo em questões penais e liberalismo em questões sobre o aborto”.

 

Enfim essas foram as 25 mulheres poderosas citadas na revista time durante o século XX. Observem que a maioria são norte americanas. Caberia a nós latino-americanos fazer a nossa lista e aqui no Brasil, já teríamos nomes e mais nomes para formar uma lista das grandes mulheres que transformaram e vem até hoje lutando pelos direitos humanos e melhorias na sociedade em geral. Só para citar um exemplo que eu colocaria na lista seria a Zilda Arns fundadora da Pastoral da Criança e da Pastoral da Pessoa Idosa, o seu trabalho colaborou para salvar muitas pessoas.

Gente

Por hoje era isso.

Um abraço.