Será que é bom viver só?

Oi Gente

As vezes  observo esse tipo de comentário, de sugestão ou, ainda, de conselho. Se afastem de pessoas tóxicas, de pessoas que te fazem mal, essas pessoas te roubam energia, etc., e isso vem aumentando ultimamente, e resolvi postar o que penso sobre isso. E você o que pensa?

Então gente, primeiro tem que pensar que mal é esse que tantas pessoas fazem a você? Será que são as pessoas mesmo que te fazem mal ou o problema está em você? Acredito que devemos tomar muito cuidado quando falamos dos outros, dos defeitos dos outros, da culpa dos outros. Pelo que tudo indica chegará o tempo então que você pensará que a melhor coisa do mundo será viver sozinho ou sozinha. Será? Você tem realmente certeza disso?

Então vamos lá pensar um pouco. Não nego que de vez em quando é até gostoso ficar um pouco em silêncio, ter um momento só seu para algumas reflexões. Mas daí falar que viver só é melhor, acho um pouco exagero dos ditos da sociedade hoje em dia. Temos que cuidar com esses modismos, que acontecem de tempos em tempos. Precisamos nos questionar sobre tudo que ouvimos da boca dos outros, da cabeça dos outros, não é mesmo?

Ficar só faz com que cada um tenha uma televisão em seu quarto dentro de uma família, isso gera mais comércio, mais televisão vendidas. Você merece ter o seu carro, não é mesmo? Todos merecem, mas nem todos podem e por não poder ter seu carro, me parece que também está ficando obsoleto pegar uma carona ou dar uma carona a alguém.

As vezes, chego a pensar  que os humanos estão se desumanizando, e, junto com tudo isso tenho observado muitas vezes o aumento desse assunto: doenças.

Concordo com você que muitas vezes tem pessoas sim que são desagradáveis, que só reclamam, que chegam perto de você com aquele baixo astral e tudo o mais, mas será que essa pessoa não tem nada de bom?  ou já teve, algum dia,  para você já ter estado com ela?

Quem sabe ela está fazendo e lhe dando sinais da carência e da necessidade que ela está passando em não ter um braço amigo ou pelo menos um ouvido que possa escutá-la.

Gente isso é fria. Esse papo de ficar só, de tudo tem que ser primeiro para mim, de que eu sou o melhor etc, é furada. Sabe por que?

O ser humano não foi feito para viver só. Ele necessita do outro até mesmo para saber que ele é ele. Você precisa as vezes daquele amigo chato, que pega no seu pé porque você está fazendo besteira.

Você precisa as vezes daquele amigo pão-duro para lembrar a você que você está gastando, além dos seus limites; você precisa daquele amigo, que a priori parece irresponsável, mas que te ajuda a descontrair, você precisa da mãe e do pai no seu pé, porque na realidade você sabe que esses realmente estão querendo o seu bem não é mesmo? Até aquele chefe insuportável, hoje, um dia poderá ser lembrado como aquele que ensinou você a trabalhar direito.

Gente, uma coisa é certa. Não somos ninguém sozinhos. O pior castigo para um presidiário não é a solitária? Por que será? Porque ficar só muito tempo é desesperador.

E aquela história que a gente ouve muito hoje, mas fulano não me liga nunca, então não vou ligar para ele. Sabe quem está perdendo com isso? Os dois.

Se você chega a pensar assim, larga mão de ser tonto pega o seu telefone e liga, coloca o papo em dia, mata a saudades, faz aquilo que o seu coração está pedindo.

Gente, acima de tudo, respeite os seus desejos. Quanto a maldade, os julgamentos, inveja, vingança, orgulho e seja lá o que for, essas coisas feias dos humanos,  deixa para o outro pensar a respeito. Não pegue para você aquilo que não te pertence.

As relações não são lá tão fáceis, até porque somos diferentes e que bom que sejamos diferentes mesmo. Já pensou se todo mundo fosse igualzinho a você?

Enfim, vale a pensa refletir a respeito de se afastar de pessoas por pouca coisa. Afinal, somos seres sociais e as relações são importantes, inclusive para a nossa saúde mental.

Era isso por hoje.

Obrigada pela sua visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.