Dica de filme – Cinzas da Guerra

Oi gente

O objetivo do post de hoje é trazer aqui para você a dica sobre esse filme – Cinzas da Guerra, na versão original, caso queira procurar no Nettflix The Grey Zone, baseado em testemunha do holocausto, onde conta sobre os horrores cometidos nos campos de concentrações, onde alguns judeus para ter o direito de prolongar a sua vida, colaboraram para os extermínio do seu próprio povo, bem como auxiliaram Josef Mengele em suas pesquisas médicas…

Josef Mengele foi um oficial nazista que também ficou conhecido como o “anjo da Morte”, tamanha as atrocidades que cometeu no campo de concentração de Auschwitz. Mengele já em seu curso de medicina se interessou por assuntos ligados a genética. Após sua formatura foi contratado como pesquisador na Universidade de Frankfurt.  No campo de concentração, se tornou o chefe principal da enfermaria.O maior interesse nos estudos eram com relação aos gêmeos e, em Auschwitz desenvolveu vários estudos utilizando-se cruelmente dos prisioneiros judeus para suas pesquisas.

Mengele conseguiu sair ileso de suas crueldades, trocando sua identidade. Morou  na Argentina, Paraguai, vindo morar até a sua morte no Brasil. Morreu no estado de São Paulo, onde foi enterrado com o nome de Wolfgang Gerhard no cemitério de Rosário em Embu das Artes, no ano de 1979.

Eu gosto muito de filmes que retratam fatos de histórias reais. O filme Cinzas da Guerra, mostrará um pouco sobre esses estudos de Menguele e mais um pouco do período do Holocausto. 

 

Direção do filme: Tim Blake Nelson

Gênero: Drama

 

ATORES PRINCIPAIS

Allan Corduner, ator suéco, fará o papel de Miklos Nyszli

Henry Stram – ator americano, no papel de Josef Mengele

 

O Judeu Miklos Nyszli foi o escolhido por Josef Mengele para trabalhar com ele, como patologista, no campo de Auchswitz.

Ele viverá o drama entre garantir a sua própria vida e ajudar o Dr. Josef Mengele no extermínio do seu próprio povo.  Ele e mais outros judeus, conhecidos como os Sonderkommandos (eram aqueles responsáveis por realizar o trabalho de exterminar os judeus e desfazer dos mesmos- eles recolhiam os corpos depois de passarem pela câmara de gás e eram os responsáveis pelo crematório) viviam o mesmo dilema que Miklos Nyszli.

Após uma das sessões dos banhos de gás, onde os judeus eram exterminados, na hora de recolher os corpos, encontraram uma adolescente que havia resistido e estava ainda respirando. Nesse momento, um dos integrantes do grupo, resolve correr o risco, e resgata escondido a jovem e convence o grupo a aderir essa causa, como se fosse um único ato que ajudaria a lidar com tanta culpa.

Embora se submetendo aos comandos dos superiores nazistas para garantirem suas sobrevivências, os mesmos resolvem se rebelar contra os nazistas alemães, planejando a explosão dos crematórios.

As judias que trabalhavam nas fábricas de arsenais bélicos, enviavam escondidos entre os corpos, os materiais para esse pelotão. Essa rebelião foi uma das únicas acontecidas no campo de concentração.

O filme, na minha opinião, não deve ser visto perto das crianças, por apresentar algumas cenas chocantes. Vi o filme, gostei e, apesar das atrocidades, trouxe para as telas do cinema mais um pouco da história triste do que acontecia nesses campos de concentração. 

Enfim gente, é um filme que não tem como não refletir a respeito. Até onde o poder, ideologia e ganância de líderes políticos pode levar o ser humano a cometer tantas atrocidades e pensar que, ainda hoje, convivemos com algumas situações semelhantes.

Era isso por hoje.

Obrigada pela sua visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.

 

 

 

 

 

Referências:

https://m.megacurioso.com.br/personalidades/56629-josef-mengele-confira-uma-breve-historia-sobre-o-anjo-da-morte.htm