Gustave Eiffel, o engenheiro a frente do seu tempo

Oi gente

Hoje eu assisti um documentário que resolvi dividir com vocês. Muita gente fala sobre Paris, sobre a famosa Torre Eiffel, mas acredito que nem muita gente sabe de verdade sobre como ela foi parar lá.

#ParisFrança #lugaresparavisitardrf:

Entao resolvi pesquisar sobre isso e saber um pouco sobre a vida desse engenheiro que foi seu inventor. Já comentei por aqui que curto biografias, pois acho interessante saber como pessoas que deixaram suas marcas na história fizeram sua trajetória por aqui  e Gustavo Eiffel foi uma dessas pessoas.

O documentário é interessante pois a história de sua vida é contada pelos netos e bisnetos com cartas que ele escrevia, uma mistura da vida pessoal com a vida profissional.

Alexandre Gustave Eiffel nasceu no ano de 1832, na cidade de Dijon, primeiro filho de Catherine-Mélainie e Alexandre Bonickhausen –  Eiffel. A sua descendência era de origem alemã.A família adotou o nome Eiffel como uma referência as montanhas Eifel na região de onde tinham imigrado.

Sua mãe herdou um alto negócio de carvão da família e seu pai um ex-soldado deixou o seu cargo para ajudar a mãe a expandir os negócios. Devido a compromissos de negócios de sua mãe, Gustave passau a sua infância vivendo com a sua avó, foi para casa dela com apenas quatro anos, mas no entanto, manteve-se perto de sua mãe, que era sempre foi uma figura influente em sua vida até sua morte em 1878. Há uma carta que ele envia para mãe falando das saudades, ainda criança, onde diz: Tudo que o que mais queria era um beijo da sua mãe e do seu pai. Ele era uma criança carente de afeto e tinha um olhar sempre voltado para a família.

Após o sucesso nos negócios a familia construiu uma linda casa em Dijon onde puderam novamente ficar todos juntos. Eiffel não era uma criança muito estudiosa, achava as aulas no Liceu de Dijon chato em um desperdício de tempo.

Eiffel frequentou o Collège Sainte-Barbe, em Paris, visando se preparar para os exames para entrar na faculdade de engenharia na França, e se classificou para entrar em duas das mais prestigiadas escolas:

 

École Polytechnique

 

 Ecole Centrale des Arts et Manufactures

Acabou escolhendo a Ecole Centrale des Arts et Manufactures. Durante o seu segundo ano, ele escolheu se especializar em química.

Uma de suas grandes paixões era o vento, a força dos ventos ele acabou contriuindo um túnel de vento onde podia testar a sua força, pois toda as estruturas metalurgicas deveriam aguentar a força dos ventos.

 

Seu primeiro grande projeto foi a ponte de Bordeaux com apenas 26 anos.

Logo após sua formatura Eiffel tinha pensado em trabalhar com seu tio na cidade de Dijon, mas devido a problemas familiares isso não foi possível. Trabalhou um tempo sem remuneração em uma fundição e após Eiffel se aproximou do engenheiro ferroviário Charles Nepveu, o qual lhe deu seu primeiro trabalho remunerado, trabalhou como seu secretário particular. Em suas viagens sempre levava um pequeno caderno onde ia desenhando muitos projetos, e trabalhou muito desde a juventude.

Após a conclusão do projeto dentro do cronograma Eiffel foi apontado como o principal engenheiro da Compagnie Belge. Seu trabalho começa então a ganhar a atenção de várias pessoas que começaram a procurá-lo para lhe oferecer mais trabalhos.

Em 1865 Eiffel começa a trabalhar independentemente e trabalha na construção de duas estações ferroviárias, em Toulouse e Agen. Assim, mais e mais trabalhos iam aparecendo cada vez mais conforme seus projetos iam sendo executados.

Algumas de suas obras importantes que ficaram na história de sua trajetória profissional:

Estação Ferroviária Nyugati em Budapeste

Igreja de San Marco em Arica no Chile

A Ponte Maria Pia sobre o rio Douro, na cidade de Porto em Portugal

Essa ponte foi construída a partir de um resultado de um concurso realizado pela Companhia de Estrada de Ferro Portuguesa. A tarefa foi exigente devido a profundidade do rio e o desafio era muito grande devido a obrigatoriedade de ter um um arco com um vão muito grande, para a época. O preço que Eiffel pediu fui bem abaixo do concorrente. Iniciou-se a obra em 1876 e foi concluida em 1877.

Quanto a sua vida pessoal, Eiffel foi rejeitado por 4 mulheres a quem escolheu para se casar e acabou se casando com uma jovem mais simples da cidade Dijon, com a qual teve 5 filhos. Sua esposa acabou falecendo com 34 anos, muito nova, deixando-o muito desconsolado. A sua filha mais velha Clair então com 14 anos foi a grande colaboradora para ajudar na crianção dos filhos menores. Quando um de seus engenheiros de sua companhia a pediu para casar, ele só fez uma objeção que após o casamento os dois morassem na mesma casa que a dele, para que a filha continuasse a ajudá-lo com os filhos menores.

Essa filha foi a sua grande companheira e pela qual sempre teve muita afeição. Acredita-se que Eiffel não se casou novamente para não decepcionar os filhos, embora haja relatos de alguns namoros. Acredita-se também que a sua dedicação ao trabalho, com tantos projetos e também pesquisas nas mais diversas areas se deva a esse fato de lidar com o sofrimento das perdas que sofreu, da esposa e em pouco tempo, na mesma época, do pai e da mãe.

The Statue of Liberty Paris 1886 - The Decorated House July 2014

1886 a estátua sendo criada então ainda em Paris

Statue of Liberty being built.:

Fotos de sua construção ainda em Paris

Construction of the Statue of Liberty 1884 <3:

Foto de 1884 também de sua construção

Em 1881 Eiffel foi contactado por Auguste Bartholdi pois estava precisando de um engenheiro para ajudá-lo a construir a estátua da Liberdade.  Algum trabalho já havia sido iniciado por Eugène Viollet-le-Duc, mas ele tinha morrido em 1879. A experiência de Eiffel com tensões de vento é que levou a ele ser escolhido. Assim ele concebeu uma estrutura com cobertura de cobre que fez o corpo da estátua. A estátua foi erguida em Paris antes de ser desmontada e enviada para os Estados Unidos.

Old photos of the Statue of Liberty standing in Paris were extraordinarily surreal:

As notícias da época

Statue of Liberty - The Decorated House July 2014

E ela está lá linda e imponente. Tive a oportunidade de conhecê-la. Um dia farei um post dessa viagem. Preciso achar as fotos foi em 2009. Vale muito a pena esse passeio.

Chega então o momento da construção da famosa torre que recebeu o seu nome. O primeiro desenho de Koechlin para a Torre Eiffel. Observe a pilha esboçada dos edifícios, com a Notre Dame, na parte inferior, indicando a escala da torre proposto.

O primeiro desenho da torre foi originado por Maurice Koechlin e Emile Nouguier, que tinha discutido ideias para uma peça central para a Exposição Universal de 1889. Em maio de 1884 Koechlin, trabalha em sua casa, fez um esboço que ele descreveu como “um grande pilar, que consiste em quatro treliças de pé na base e que se reúnem no topo, unidos entre si por treliças metálicas em intervalos regulares”.

No início Eiffel não demonstrou muito interesse ou entusiasmo com esse projeto. Eiffel sempre deu muita importância ao canteiro de obras. Segundo ele, um engenheiro pode sim fazer ao mesmo tempo uma obra bela e sólida.

Construction of the Eiffel Tower | Rare Pictures:

“Em 29 de abril de 1888, engenheiros e técnicos e carpinteiros do céu e o cara terra seca ( funcionários de Levallois-Perret consultoria) todos estão na plataforma do primeiro andar para celebrar este primeiro pilar da torre. Eiffel tem a intenção de reforçar o papel de cada um e para voltar a se envolver nos dois andares ainda a ser construído. Seu discurso é claro, motivador, preciso e factual. Ele destaca um de sua equipe, a sua contribuição precisa, a perfeita coordenação que existe dentro da equipe”.

 

 

Essas 15 fotos históricas raras irão te deixar sem palavras - Best of Web:

Os trabalhadores sem andaimes, sem uniforme de proteção, sem luvas ou capacetes. Trabalhavam inclusive durante o inverno, não houve a ocorrência de nenhum acidente de trabalho registrado durante a obra.

Os operários eram camponeses na sua maioria, não sofreram nem  vertigem.  A torre devemos lembrar que tem 300 metros de altura.

No início,  Eiffel recebeu muitas críticas dos artistas contra a construção da torre: “Sua construção despertou uma polêmica, já que muitos consideram uma estrutura áspera desprovida de sensibilidade artística. No início de sua construção, um grupo de intelectuais, entre os quais destacou Garnier e Zola assinaram uma carta de protesto dirigida ao curador da exposição, que se queixou de que “tonta, torre ridícula dominando Paris, como um gigantesco chaminé de fábrica escura”

No ano de 1889 ele disse que a bandeira francesa está na parte,mais alta do mundo. Para se ter uma ideia de um projeto vitorioso, somente no 1 ano apóis a sua construção o investimento já havia sido pago, pelo número de visitantes.

Eiffel assim, cada vez mais com sucesso, resolve apoiar seu amigo Ferdinand de Lesseps na obra do canal de Panamá. Ali teve um problema que inclusive não se comentava dentro da família. Foi a maior tristeza do engenheiro, o qual sofreu durante 10 anos por calunia e defamação. Foi julgado a 2 anos de prisão. Eram 51 km de canal unindo dois oceanos. O tempo de execução do projeto era curto e houve muitos problemas com a obra, onde morreram vários operários devido a malária ” A lama do Canal do Panamá atingiu até o amigo pessoal de Lesseos, o engenheiro Gustave Eiffel, em que pese seu reconhecimento e sucesso pela construção da Torre Eiffel, por ter apoiado e patrocinado a causa do Canal do Panamá, foi condenado a devolver aos cofres públicos 10 milhões de francos”.

Depois desse fato Eiffel se refugiou na sua casa na Suiça.

Ele morre em 27 de dezembro de 1923 aos 91 anos.  Mas deixa seu nome na História em um monumento conhecido mundiamente e um dos mais visitados pelos turistas de todo  o mundo.

Eu já tive o prazer de visitá-la umas quatro vezes e por incrível que pareça ainda não subi nela kkkk. Da última vez tudo certo, perdi o ingresso procurando uma aliança que tinha perdido. Eu e minhas histórias de viagens que preciso contar uma hora por aqui gente.

 

 

Era isso por hoje.

Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço e um bom carnaval, com divertimento e responsabilidade.

 

 

 

Referencias:

Documentário da philos do canal Now da Net.

http://www.biografiasyvidas.com/biografia/e/eiffel.htm

http://blogtek.com.br/o-canal-do-panama-o-projeto-frances/