Estoril e Região: cultura abundante e beleza natural

Oi gente

O objetivo deste post é falar um pouco sobre dicas turísticas em Estoril e região, um lugar de Portugal recheado de opções atrativas.

A grande região de Lisboa é uma das mais procuradas pelos turistas no país e há vários motivos para isso, como abundância de praias, cassinos, culinária requintada e grandes museus. É nessa área muito movimentada e animada que está localizada Estoril, uma freguesia histórica que recebe milhares de visitantes brasileiros todos os anos.

Combinando paradisíaca beleza natural e vários lugares para se divertir quando o sol se põe, Estoril e as cidades próximas oferecem vastas opções de lazer para qualquer visitante.

Atrações naturais

Estoril, também conhecida como a “Rivieira Portuguesa”, fica no litoral português e está localizada na parte mais ao sul do país. O clima na região é agradável na maior parte do ano e todos esses fatores ajudam a valorizar as atrações naturais.

Uma das praias mais charmosas é a Praia da Rainha. Ela não é extensa em tamanho, mas é estrategicamente bem localizada e cercada por bares e cafés. Além disso, as águas são cristalinas e durante o verão muitos turistas aproveitam o fim de tarde para contemplar a linda vista.

Se a Praia da Rainha não se destaca pela extensão, o oposto pode ser dito da Praia do Guincho. De frente para a imensidão do Oceano Atlântico, esse lugar localizado na costa de Portugal está pertinho de Estoril (aproximadamente 15 minutos de carro de distância).

É na Praia do Guincho que muitos surfistas procuram por boas ondas e as águas de lá também são ideais para a prática de esportes radicais como kitesurf e windsurfe. Além de adequada para diversas modalidades esportivas, ela também é visitada pelos turistas que gostam de ficar na areia.

Já a Praia do Tamariz está localizada em uma área mais urbana e fica em frente ao Casino Estoril. Cercada por muitos bares e restaurantes, essa praia é frequentada por pessoas de diversas idades e muito popular durante o verão.

Museus e valorização da parte cultural

As belezas naturais são acompanhadas de uma grande valorização cultural que é reforçada pela alta quantidade de museus na região. Um dos mais antigos é o Museu Conde de Castro Guimarães.

Aberto ao público em 1931, esse estabelecimento tem arquitetura clássica. Por lá o acervo de obras é constituído por pinturas, pequenas esculturas e muitos objetos interessantes que despertam curiosidade e entusiasmo.

Localizado em Cascais, colado em Estoril, também vale a pena visitar o Museu Conde de Castro Guimarães. O local é repleto de obras incríveis e parece mais um castelo que um museu quando visto de longe, um fato que pode proporcionar belas fotos para os turistas.

Próximo ao Museu Conde de Castro Guimarães está a imperdível Casa das Histórias Paula Rego. O museu de arte em questão apresenta o melhor da obra da artista que dá nome ao lugar e é considerada uma das pintoras mais importantes na história artística de Portugal.

 

Cercado por árvores e construído com uma arquitetura espetacular, o museu apresenta exposições de tirar o fôlego. Atualmente, por exemplo, o lugar expõe “Paula Rego: Anos 80”, que conta a trajetória da pintora durante essa década.

Esses dois museus estão em uma localização muito privilegiada, pois ambos estão pertos de grandes atrações turísticas naturais, como a Praia da Rainha e a Boca do Inferno.

Outro museu importante para o país é a Casa da Música Portuguesa. Reformada em 2005, ela abriga os patrimônios de Michael Giacometti (etnomusicólogo) e Fernando Lopes-Graça (maestro), conta com uma coleção de típicos instrumentos musicais portugueses e tem um espaço para apresentações.

É interessante visitar o museu para conhecer um pouco mais da música portuguesa e entender a importância de certos gêneros musicais para o país, como o tradicional fado.

Diversão à noite: cassino e muito poker

Ao cair da noite, um dos lugares mais procurados é o Casino Estoril. Considerado o maior da Europa e também um dos mais antigos, ele foi inaugurado em 1931 e por mais de 80 anos tem sido uma das referências no entretenimento noturno dessa região.

O cronograma do Casino Estoril facilita para que ele seja tão visitado por moradores locais e turistas. O estabelecimento abre em todos os dias do mês, geralmente com horário fixo entre 15h até às 3h. Ou seja, não importa se é numa tarde de segunda-feira ou numa noite de sábado, ele sempre estará funcionando e pronto para receber os visitantes.

Além das tradicionais máquinas que todo cassino tem, o estabelecimento é a casa de diversos restaurantes da alta gastronomia, como o Restaurante Mandarim (culinária chinesa) e o Zeno Lounge (cozinha brasileira e italiana).

O Casino Estoril também é considerado uma das casas do jogo de poker em Portugal e o esporte das cartas pode ser praticado em todos os dias da semana. Com um salão enorme que recebe competidores de todos os cantos, se divertir em uma das mesas do cassino é uma parada quase obrigatória.

Assim como no Brasil, o poker é muito popular em Portugal e o esporte é praticado com muita paixão e intensidade. As mesas locais geralmente estão lotadas de entusiastas e não é preciso ser um profissional para se aventurar por lá, visto que também há espaço para amadores e leigos no assunto.

Para quem gosta de praticar tal esporte, poucos lugares são tão impressionantes como o Casino Estoril, pois sua estrutura para essa prática é uma das melhores do mundo. O estabelecimento valoriza muito esse entretenimento e até mesmo já serviu como sede do Campeonato Mundial de Poker (World Series of Poker).

A diversão na noite de Estoril vai além do cassino. Uma das diversas opções para entretenimento noturno é a famosa discoteca Catedral do Rock.

Muito tradicional, ela existe desde 1973 e já foi considerada pela revista Paris Match como o “maior fenômeno social da Europa.” O rock e a música eletrônica geralmente ditam as baladas e a casa certamente agrada o público jovem.

Para quem curte um lugar mais sossegado e tradicional, o John Bull é uma ótima opção. Localizado no coração de Cascais, esse típico pub britânico é ideal para tomar bons drinks e diversos petiscos. Ele também funciona como restaurante e geralmente fica lotado nas noites de verão.

Melhor época do ano para visitar

Como fim de ano é inverno na Europa, em Estoril as temperaturas geralmente não vão além dos 15 graus. Entre novembro e abril o clima não é adequado para a praia, portanto, para quem gosta de muito sol e areia é recomendado visitar de junho a setembro.

Se o motivo de sua visita for os cassinos, a vida noturna e a parte histórica, então aproveitar a baixa temporada com preços mais amenos pode ser uma boa escolha. Também é preciso levar em conta o fato de que, pela localização privilegiada desse lugar, Estoril está bem próxima de outras cidades turísticas, como Lisboa e Setúbal.

Portugal tem destinos incríveis para visitar e você deve incluir Estoril na sua lista. Vale a pena conhecer esse lugar mesmo se ele não for o objetivo principal da viagem, afinal, dá para conhecer a maioria das atrações em três ou quatro dias.

Era isso por hoje.

Obrigada pela sua visita. Você é sempre bem-vindo(a) por aqui.

Um abraço.