Museu do Pablo Picasso – Paris

Oi Gente
 
Em  2012,  estávamos em Paris e de uma hora para outra me deu uma vontade de conhecer o museu de Picasso.  Havia pouco tempo que tinha lido sua biografia e, como já gostava de sua arte, o meu interesse aumentou por admirar o seu modo de levar a vida.

Como gosto de viajar, preferencialmente  sem guias,  fomos em busca do endereço e a procura do Museu de Picasso e, lógico, o caminho até o destino sempre tem surpresas que vamos descobrindo e é isso que gosto muito.
Não sou contra os pacotes de viagens, onde dificilmente algo pode dar errado, e até concordo que tem algumas viagens que o custo x benefício se tornam um atrativo.
Mas o prazer de ir descobrindo lugares e espaços novos, seguindo os nossos roteiros, nossos horários, confesso que curto mais, quando isso é possível.
 
Já ri aqui sozinha de ver essas fotos com os dois óculos na cabeça. Quando começamos a usar óculos somente para leitura, a gente acaba fazendo dessas coisas…Quem ainda não está nessa fase, não se preocupe que chegará lá, principalmente quando já passou dos 50 anos.

Com o endereço e um mapa na mão, fomos caminhando até o  nosso destino. E o legal é que vamos nos deparando com outras visões da cidade, sem ser somente aquelas de roteiros prontos. 

 

Enfim, em frente ao museu do Pablo Picasso, que fica no bairro de Marais. Foi bem legal poder conhecer esse bairro muito estiloso.

Essa foto é do google, mas para você ter uma ideia do que é o bairro do Marais, um lugar que respira arte.

Ali  as lojas, em sua maioria não tão grandes, apresentam sua singularidade e um tipo de turista mais fashion desfila por aqui. É um bairro onde o design e a arte estão presentes em todos os cantos, além das comidinhas todas especiais.


Mas como sair descobrindo os lugares sozinhos em uma viagem nem sempre tudo ocorre como gostaríamos… aqui foi uma prova disso… Chegamos em frente ao museu e encontramos uma placa dizendo que estava fechado para reformas até 2013.
Certamente, na próxima viagem a Paris, voltarei a visitar esse museu.
 
Como já observei que todo turista sempre tem um olhar mais bonito sobre aquilo que está visitando e a sua percepção sempre carrega um pouco de sua fantasia, mesmos os furos de viagem viram histórias engraçadas que fazem parte dessa procura e descoberta do novo. Adoro tudo isso.
Era isso por hoje gente.
 
Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.
 
Um abraço.