Beleza ou Conforto nos sapatos?

Oi Gente

 

 

Olha o que me deu vontade de falar aqui no blog hoje. Sobre esse assunto pois muitas vezes ele é trazido em conversas, sabe essas conversas que não comprometem ninguém mas que é interessante ver como pensa cada um(a). E fala a verdade não são esses encontros que fazem parte da vida da gente, que acabam sendo o que mais vale a pena para se lembrar? Então gente, vamos pensar sobre isso…

Das poucas falas que trago na lembrança da minha avó materna, pois não vivia muito próxima a ela, tem essa que nunca me esqueci:

“Quem bonito quer aparecer, muitos males tem que sofrer”. Gente, olha que sabedoria e pensa aqui comigo se não é a mais pura verdade, principalmente quando se trata de falar sobre sapato, sapatos que se você faz parte do grande número de mulheres, como eu, que amam sapatos saberá bem o que estou dizendo. Talvez minha avó exagerou um pouco, mas tem um fundamento.

Você gostou da foto da introdução do Post? Eu também gostei e acho maravilhoso, mas em questão de segundos sabe o que vem a minha mente? Não vale rir heim gente, mas tenho que ser sincera

Nem tanto assim gente, mas a foto é para chocar mesmo. Penso na hora em um mocassin hiper confortável, quer coisa melhor se pensar em conforto. Mas como ouço sempre das minhas jovens filhas. “É mãe, mas quer coisa mais feia também?” (kkk) Vocês imaginam agora então que uma delas está fazendo moda. Estou perdida. (kkk)

Estou preparando para vocês um post sobre a história dos sapatos, pois sou apaixonada por eles. Olha o que me disseram uma vez que achei crueldade, o que vocês pensam sobre isso? Me disseram que quem gosta muito de sapatos e bolsa é para disfarçar ou direcionar o sua vontade porque não tem um corpo perfeito. Tudo bem que sou gordinha e tudo mais, mas falar desse jeito, juro é uma violência verbal.  Mas deixando isso de lado, continuo gostando de sapatos e bolsas. Deixa a maldade em quem está de mal com a vida e vamos em frente.

Hoje, depois de muito tempo refletindo sobre o consumo e tudo o mais, sou bem controlada a respeito disso, (quase né gente) porque quantas vezes fui em uma loja, principalmente quando era solteira, e quando não gostava só de um par de sapatos, porque não sabia explicar gostava no mínimo de três, eu te confesso, quando batia aquela dúvida, adivinha? Adivinhou?  não sofria levava os três. (Não contem isso para minhas filhas, ok?). Por isso comecei a trabalhar com apenas 15 anos, pois sempre fui atras daquilo que eu queria, e como desde cedo aprendi que liberdade em um país capitalista é ter seu próprio dinheiro para fazer o que se quer, foi o que fiz. Trabalhava ,mas dentro do possível, bancava sim os meus desejos.

acho uma graça essas sapatilhas baixinhas e confortáveis

Mas gente voltando ao assunto do Post conforto ou beleza? Você que ama salto alto e se dá bem com eles, solte um rojão pois é simplesmente maravilhoso uma mulher de salto alto. Podem falar o que for, mas ela fica feminina, fica poderosa, o seu andar é elegante, as suas pernas ficam com a musculatura mais firme, até para não cair do salto. Não vem não dizer que não é assim, porque é sim gente, é muito chic e tenho que dar mão a palmatória para minhas filhas, principalmente a mais velha, que além de usar o salto alto, anda como se estivesse descalça. Amo isso. A minha mais nova, já mais despojada enfrenta o salto alto quando necessário, mas se puder fica com o conforto.

Acessórios de ouro, com 24 quilates!!!??? Normal!!! Mas estes são :: SAPATOS!!! Os primeiros sapatos de ouro já estão à venda e são mesmo para ser usados!! O designer italiano Alberto Moretti criou os novos melhores amigos das mulheres... que são de veludo e cobertos de ouro. Só podem ser comprados em 5 lojas em todo o mundo e como seria de esperar não são propriamente baratos, sendo o preço mais baixo €2000.:

Olha isso gente que eu nunca tinha visto. Estou aqui buscando umas fotos de sapatos confortáveis para você e encontro esses sapatos de ouro, acredita, que loucura. Esses são do designer italiano Alberto Moretti, de veludo e cobertos de ouro. A partir de 2000 euros, e são vendidos apenas em 5 lojas de todo mundo. E eu aqui preocupada de gostar de 3 sapatos ao mesmo tempo.

Gente olha esse na cor prata, eu acho muito lindo e com uma carinha de gostoso.

Quantas vezes um sapato errado no seu pé estragou o seu passeio, a sua noite, o seu dia. Por que fala a verdade pior que um sapato apertado no pé ou doendo sem parar, é só uma dor de dente. O pessoal mais novo nem sabe o que é isso (kkk). Fala a verdade, quando o sapato aperta, você não vê graça em nada mais. Pelo menos, comigo é assim. Só penso nele, quero tirar ele e o resto vai até perdendo o gosto, o sentido.

Uma vez fui madrinha de casamento com um sapato lindo e poderoso, mas até hoje esse casamento não me sai da cabeça. Me pergunta se me lembro muito de toda a cerimônia, de quem estava na festa, se estava lindo ou não? Não me lembro nada gente, só me lembro da dor que senti com o danado do sapato apertando no pé. Mas esse dia para mim foi libertador, porque ali mesmo dentro da igreja fiz uma promessa, acho que a única da minha vida, pois detesto promessa que eu sei que não vou cumprir. A promessa de nunca um sapato estragar minha festa, meu dia. Naquele dia me lembrei da minha avó, da sabedoria dela e hoje me dou o luxo, de elogiar e admirar esses sapatos maravilhosos que a gente vê por todo lado nas mulheres poderosas que dão conta de carregar um salto alto. Mas, sinceramente, ninguém me tira a paz de um sapato confortável. Até porque somos muito mais que um par de sapatos não é mesmo?

Era isso por hoje.

Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo (a) por aqui.

Um abraço e bom início de semana.

Referências:

http://estadodealma-ci.blogspot.com.br/