Caos – De onde vem essa palavra?

Oi Gente

Você já deve ter ouvido algum dia alguém ou você mesmo por costume dizer: isso está um Caos, nossa aquilo lá está um Caos. Mas nós seres humanos somos peritos em repetir, ou imitar as situações sem ter o trabalho de pensar sobre o assunto. E as vezes vamos falando e dizendo coisas sem nem sequer saber direito o que significa. Será que estou exagerando ou você concorda com o que estou falando por aqui?

 

Sendo assim, aquilo que me causa as vezes uma curiosidade gosto de pesquisar e ir atras para saber sobre o assunto e hoje eu trouxe aqui para você sobre essa palavra CAOS, de onde surgiu e veio esse costume de se referir a algo de destruição, ou de algo que está bagunçado ou sem organização a palavra CAOS.

Fui buscar algo para ilustrar essa palavra CAOS e o google me trouxe algumas imagens para a palavra CAOS como essas acima por exemplo.

Na mitologia grega CAOS foi a primeira divindade a surgir no Universo. Foi um deus grego da primeira geração dos deuses da mitologia.

No princípio existia apenas o Caos, a primeira divindade a surgir no universo, um ser solitário, o mais velho dos deuses. Caos gerou de forma assexuada os filhos. É o que diz a mitologia grega.

“Os dois primeiros versos das Metarmorfoses de Ovídio narram a origem do mundo criado a partir do caos: “Antes de existirem o oceano, a terra e os céus cobrindo tudo/ a Natureza mostrava apenas uma única face no mundo inteiro./ Caos era seu nome: uma massa bruta, informe, / nada mais que um peso inerte e, nele acumuladas, / as sementes das coisas, num grande amontoado.”   (1)

Segundo a mitologia, eram três forças primordiais: Kháos, Gaîa e Éros, que surgem de maneira autônoma e constituirão o mundo.

“No princípio era o caos. Na origem de tudo, há o Abismo, Kháos para os gregos. Caos é a personificação do vazio primordial, anterior à criação, no tempo em que a ordem ainda não tinha sido imposta aos elementos do mundo. (…) Portanto, na mitologia grega, o estado primordial do mundo é apenas esse Caos, abismo cego, noturno, ilimitado que evoca uma espécie de névoa opaca em que todas as fronteiras perdem nitidez. Mas, Caos, divindade rudimentar, é também capaz de fecundidade. A palavra caos pode ser definina, filosoficamente, como vazio obscuro, profundidade insonsável que precede e propicia a geração do mundo”. 

Então gente, Caos  aparece como o primeiro de todos os deuses na mitologia grega e, segundo a mitologia, é a partir dele que tudo se inicia. Depois Caos vai gerar Érebo e a Noite Nyx. Assunto para um próximo post.

É daqui então que vem o significado da palavra Caos que utilizamos em várias situações hoje vividas cujo significado ficou sendo conhecido por “Vazio primordial de caráter informe, ilimitado e indefinido, que precedeu e propiciou o nascimento de todos os seres e realidades do universo”.

 

Era isso por hoje gente.

Obrigada pela visita. Nos vemos por aqui.

Um abraço.

Referencia:

http://eventosmitologiagrega.blogspot.com.br/search/label/1.2.%20Genealogia%20-%201%C2%AA%20gera%C3%A7%C3%A3o%20dos%20deuses%20V%C3%ADdeo

(1) – http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141996000200008

http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S0101-31062012000100011&script=sci_arttext