Como passei 9 horas de espera no Aeroporto de Guarulhos?

Bom dia Gente

Mais uma viagem que pretendo postar aos poucos para vocês. Então pensei em escrever um pouco sobre essa experiência.  Esperar 9 a 10 horas em um aeroporto sem ter o que fazer, para quem está sempre correndo contra o tempo, realmente, não é fácil.

Como em situações como essa o tempo não passa, resolvi fazer tudo muito devagar. Fui a última a sair do avião no meu primeiro vôo. Fui contabilizando as horas.

Resolvi olhar o aeroporto de Guarulhos, com tranquilidade e assim fiz dessas horas um passeio.

Estava sozinha nessa viagem, o que dificulta mais, porque não tem com quem dividir esse tempo.

Quando fui pegar as minhas malas, encontrei uma equipe dos Santos de futebol juvenil e os meninos muito simpáticos. Aproveitei conversar um pouco e me disseram que estavam indo jogar na Bahia. Aproveitamos para tirar uma foto.

Então vamos lá enfrentar esse Aeroporto de Guarulhos que, embora já tenha passado muitas vezes por ele, sempre tem algo a ser explorado.

Precisava achar uma tomada para carregar meu cel e acabei achando uma bem no terminal 2, onde fica a saida do pessoal que volta do exterior e passa pela receita federal.

Aí resolvi bater um papo com a guardinha que fica ali bem na entrada. Estava calmo ali nesse momento e ai fomos conversando…

Ela então me conta que a receita já conhece bem os voos por exemplo, onde os brasileiros trazem muitos alimentos de fora, principalmente voos vindos do Mexico e ai é uma choradeira porque pegam tudo mesmo.

Me contou que um senhor estava trazendo muito queijo e que quando foi abordado pela Receita e teve que deixar os queijos, ele saiu bravo e foi rebentando todos os queijos e ali ficou um cheiro insuportável.

e ainda, ela me contou outro caso onde ela me disse ter ficado chocada: disse que uma senhora saiu do setor  da receita federal, onde as malas são revistadas, e ela estava muito brava e chegou perto dela e foi mostrando a guia que teria que pagar para poder resgatar uma bolsa que havia comprado nos EUA no valor de 15.000,00 reais. (Esse era o valor do imposto a ser pago). Ela me conta indignada: A Sra acredita nisso? Imagina o preco dessa bolsa.

E me disse que a mulher voltou depois com o filho e que o filho estava bravo, mas que ela pagou a taxa e ainda me disse eu pago mas não fico sem a bolsa.

E assim as horas foram passando.

Meu celular estava carregado e nesse momento resolvi procurar um lugar para almoçar.

Antes, fui ao banheiro e ai vai uma Dica: Esse banheiro foi o banheiro mais limpo que já observei, dentro de Guarulhos. Acredito que ele tem muito pouca utilização. Olha ai pelas fotos a limpeza.

 

 

 

 

Na saída do banheiro, encontrei a faxineira que cuida do mesmo e resolvi falar com ela sobre como achei limpo e muito bem cuidado esse banheiro e que ela estava de parabéns pelo serviço que estava realizando ali.

Tem situações que a gente vivência que já valeu as 9 horas de espera.

Ela me olhou com o olho lacrimejando e me disse: muito obrigada moça, você não imagina como isso que você acaba de dizer é muito importante para eu enfrentar meu dia.

Sai dali refletindo a respeito: O que um simples elogio pode representar na vida de um ser humano e como, atualmente, as pessoas estão economizando tanto um elogio.

Acredito que os elogios não devem ser indiretos, ou seja elogiar ou falar bem das pessoas para outras. Isso é importante sim. Mas acredito que um elogio sincero feito diretamente a pessoa é gratificante para quem recebe e também para aquele que expõem seu sentimento. E por que não. Esse tipo de comportamento tão simples e tão importante para o ser humano, não tem custo nenhum…

Para não ficar um post cansativo, divide ele em mais etapas gente.

Estou em San Diego nos Estados Unidos e vou colocando novidades por aqui para vocês.

Aguardem…