Pelotas pelo olhar de uma mãe visitante

Oi Gente

O que eu vim fazer aqui em Pelotas? Ou por que falar de Pelotas? Pois é tem algumas coisas que acontecem na história de vida da gente que nos faz, no mínimo, refletir algumas vezes por quê disso ou por quê daquilo e nem sempre encontramos as respostas.

25eb1b5cd84f4c262b95210453caa55a

Meu primeiro contato com essa cidade foi em 1984, quando ainda jovem, 23 anos, vim a Pelotas para participar da formatura do meu namorado na época, que hoje é meu marido há quase 30 anos. Que loucura, o tempo passa e não percebemos. E o que restava na lembrança dessa cidade, sinceramente, era o frio maior que tinha tido na vida até então. Me lembro do baile de formatura, de agronomia, onde simplesmente não sentia o pé (kkk), tentava dançar mas aquele frio não passava. Pensava então naquela época: Que lugar é esse? Que bom que é a primeira e última vez que venho num lugar tão gelado. Era muito frio para mim. Mas vida, essa vida dá voltas kkk…

Read More