Dica de Filme: Agnus Dei – As Inocentes

Oi Gente

O objetivo do post hoje é trazer essa dica desse filme Agnus Dei – As inocentes,  o qual encontrei no Netflix, por um acaso, e resolvi assisti-lo  e gostei muito. Sabemos dos horrores que aconteceram em momentos de guerras, mas não pensei que chegasse a tanto…

 

Estou fazendo esse post rapidinho aqui, para dividir com você mais uma dica de filme. O filme me chamou a atenção pelo nome mas superou minhas expectativas, pelo fato de poder conhecer mais um pouco de histórias verídicas acontecidas durante o período da segunda guerra mundial.

Sabemos bem dos horrores que representa uma guerra, onde várias vidas são perdidas por causas nem sempre compreendidas por aqueles que são obrigados a estar em campos de batalha e, também os traumas enfrentados por aqueles que sobrevivem a tais tragédias.

Mas, esse filme conta uma história que nem sempre poderíamos imaginar. O sofrimento enfrentado por um grupo de freiras beneditinas, em clausura na Polônia, quando foram violentadas por soldados russos durante a guerra, após o convento ser invadido. 

Anne Fontaine

O filme é embasado em um diário de uma médica francesa, a qual serviu na cruz vermelha, durante a segunda guerra mundial. A Diretora e escritora francesa, Anne Fontaine, trouxe para as telas do cinema a história de  fatos reais e ganhou no ano de 2016, o prêmio do público da festa do cinema francês.

SINOPSE:

Era o ano de 1945, na Segunda Guerra Mundial, onde  o convento das freiras beneditinas se encontrava na Polônia, na fronteira com a Alemanha.

Uma jovem médica francesa estava em missão junto a cruz vermelha, com o objetivo de prestar atendimentos  aos soldados franceses.

De repente, em uma determinada noite ela é solicitada por uma irmã beneditina, que saiu escondida do Convento,  para que a mesma fosse até lá para atender uma irmã que estava passando por uma situação que poderia perder sua vida.

A jovem médica, mesmo sem autorização de seu superior, se arrisca e vai atender ao pedido, entrando escondida dentro do convento onde se encontravam um grupo de freiras enclausuradas.

Quando da invasão ao convento, várias freiras foram violentadas e, um grande número delas, terá que lidar com uma gestação indesejada devido o horror da violência, além de toda a questão, naquele contexto, com uma superiora convicta em sua religiosidade e não sabendo lidar com a situação fazia com que essa situação se tornasse algo muito mais difícil de se elaborar.

A jovem médica francesa diante de uma situação de desamparo e desespero das irmãs, resolve ajudá-las enfrentando todos os perigos dessa missão.

O conflito vivido entre a vergonha, castidade e maternidade, bem como o que fariam com o destino a ser dado aos bebês que nasceram por lá, faz com que possamos refletir, mais uma vez, sobre a dura realidade da violência contra as mulheres.

 

Enfim, se você ainda não teve a oportunidade de assistí-lo fica aqui mais essa dica de um filme que vale a pena assistir.

Era isso por hoje.

Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui. 

Aproveito para deixar, nesse domingo,  um feliz dia dos pais e que curtam bastante o seu dia junto com seus filhos.

Um abraço.

 

 

Referências:

http://www.magazine-hd.com/apps/wp/agnus-dei-as-inocentes-analise/