8 itens básicos para compor seu guarda-roupa

Oi Gente

O post que resolvi trazer aqui hoje para você se refere a 8 itens básicos para compor seu guarda-roupa.  Como resolvi fazer esse post para você? Estava relendo o livro da Costanza Pascolato, empresária e consultora de moda, que é considerada uma das mulheres mais elegantes do nosso país e no seu livro, chamado O Essencial, tem um capítulo onde ela escreve sobre 8 itens básicos para compor seu guarda-roupa. Tirei fotos do próprio livro dela e aqui está um resumo sobre esse assunto.

 

 

Se você já conhece ou já leu esse livro, acredito que tenha gostado. Mas, caso você não conheça ou não tenha lido, acho que vale a pena seguir com a leitura, pois além de trazer os 8 itens básicos ela também nos fala um pouco sobre cada um.

Afinal, saber um pouco sobre o que os nossos ícones da moda escrevem sempre é legal. Então vamos lá … Talvez as fotos não fiquem tão perfeitas gente, pois estou tirando do próprio livro ok? Só para você ter uma ideia.

Como Costanza define os 8 ítens básicos

  1. Uma saia reta preta

Ela sugere que seja uma clássica, de boa qualidade, “belo corte e caimento impecável. Os tecidos mais aconselháveis são as gabardines leves, os crepes pesados, tecidos mais grossos com um pouco de stretch, aqueles que não deformam ou amassam”. Ela comenta ainda que vale a pena um investimento em uma peça de qualidade, pois segundo Costanza: “Invista, mesmo que seja um pouco mais caro do que a média de suas compras habituais. O número de horas-uso vai compensar enormemente. Afinal, com os acessórios certos, essa peça básica vai transitar do dia para a noite, do casual ao elegante e até ao sexy, com a maior desenvoltura”. 

2. Um Terno

Nesse item ela fala da importância dessa peça em um guarda roupa, que para nós mulheres essa peça se tornou fundamental a partir de 1960. Costanza ainda nos fala sobre como os ternos podem sim ser femininos e completa “A essência do seu corte de alfaiate, e só a essência, deve ser mantida. Nada de firulas, botões em excesso, desenhos.” 

A calça do terno deve ser reta, sem modismo que possa ser usada de dia e a noite. Sugere o crepe mais encorpado pois os mesmos servem para as duas circunstâncias. “O blazer também deve ser isento de qualquer detalhe supérfluo. O corte faz o conjunto se ajustar com leveza ao corpo”. 

Para quem ainda não possui um terno em seu guarda-roupa, deve-se começar com um preto, seguido das cores marinho, cinza e bege como demais opções.

3. Um par de jeans

Sou suspeita de falar em jeans, mas esse sem dúvida não poderia estar fora dessa lista. Eu amo um jeans. Segundo Costanza, olha que legal “com jeans você vai ao supermercado e à festa. Ele transita com extrema displicência entre vários mundos e camadas sociais”. 

Ela faz algumas considerações interessantes sobre o uso dos jeans: ao escolher um jeans “que seja o mais limpo e puro na forma, como uma segunda pele mesmo, confortável, reto e não muito justo. Deve desaparecer no conjunto de tão básico. Evite tachinhas, preguinhas e adereços. (…) deve estar bem lavado e passado e nunca com os vincos marcados”.

4. Uma camisa branca

Essa peça realmente é infalível. Já fiz um post sobre ela por aqui: A democrática camisa branca. Segundo Costanza “Precisa ser linda, sim e elegante. Ostensivamente clássica – mais uma vez evite golas exóticas, bolsos errados, bordados de qualquer natureza, punhos estilizados. A camisa branca deve obedecer a sua forma original, de desenho discreto e simples. Prefira os algodões puros, com uma porcentagem mínima de elastano, as cambraias de algodão e linho”.

 

5. Vestido Preto

Quanto ao famoso pretinho básico, Costanza comenta” Ele deve ser absolutamente pessoal, exclusivo. Feito para esconder seus defeitos e sublinhar suas qualidades. Se levar algum tempo para escolher esse vestido preto, não desanime – se precisar, faça todos os ajustes ao seu corpo. O vestido preto é clássico. Sem manga ou com manga curta, pode ser de linha, crepe, jérsei, linho ou malha rígida. Como a saia reta, se ajusta ao corpo sem vulgaridades, variando um pouco de altura – junto ao joelho (se você estiver mais gordinha) ou um pouco mais curto, revelando o contorno da perna”.  E faz mais algumas observações interessantes: “não pode ser muito justo, curto ou decotado demais. Cuidado com a forma do decote: não pode ser muito extravagante. Vai cansar e dificilmente combinar com paletós, estolas e xales ou com aquele supercolar statemet”.

 

6- Um Trench Coat

 

Esse tipo de peça tornou-se um clássico em meados do século 20, “pelas mãos e mente de Thomas Burberry”. Inicialmente esse tipo de peça era usado por soldados e segundo as palavras de Costanza “ele atravessou gerações e virou sinônimo de paz e muito estilo para homens e mulheres”.

7 – A confortável e indispensável camiseta

 

Ela sugere de preferência que você tenha 3, sendo uma branca, preta e marinho. 

Segundo Costanza, recomenda que essa peça seja mesmo bem básica, sem carregar qualquer tipo de slogan, comentários, logotipos. “A neutralidade é a escolha mais elegante”.

Alguns lembretes sobre o uso das básicas:

“Ela é sexy, neutra, discreta, charmosa – depende do modo como você a usa. Não dispense um sutiã, a não ser em ocasiões muito intimas e se tiver pouquíssimo peito.”

“Aceita colares, abriga blazers, faz parcerias perfeitas com calças de todas as cores, sobretudo com a sua cara-metade, o infalível par de jeans”.

“A camiseta deve ser de algodão de boa qualidade ou feita nas novas fibras com toque macio, como viscose e multifibras.”

“Não use Oversize, como nos anos 1980 e começo dos 1990, nem as que ficam grudadas no corpo. Hoje em dia, a básica é do tamanho exato do seu manequim ou um pouco mais larga e longa, mas sempre com a cava justa”.

8- Um Cardigã

Quanto ao cardigã, sugere um de cashmere ou lã para o inverno e, para o verão, um cardigã de linha, algodão ou viscose.

“Um cardigã essencial deve ter um ótimo acabamento e muita qualidade (verifique botões, costuras internas, tudo).”

Quanto ao uso: “O cardigã combina com tudo – saias, calças, mais ou menos formais. Substitui o blazer ou paletó para ocasiões menos formais e fica elegante quando é amarrado sobre os ombros”.

Enfim, estão aqui os 8 itens básicos que devem compor o seu guarda-roupa. Provavelmente, você já tenha alguns deles ou, até mesmo todos. Talvez esses 8 itens serve também para, quando você estiver arrumando uma mala para sua viagem, poder levá-los pois te possibilitará de fazer vários looks com essas peças básicas. Aqui vale abusar da sua criatividade com os acessórios.

Se você gostou do post, poderá gostar de alguns outros que já fiz por aqui no nosso blog. Vou citar alguns que são bem visitados e fique a vontade para visitar outros na categoria Moda. ok?

50 Looks clássicos e elegantes

Looks confortáveis para mulheres acima dos 50 anos

27 looks para mulheres estilosas acima dos 60 anos

45 looks elegantes para tamanho GG

Era isso por hoje.

Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.

 

Referência: PASCOLATO, C. – O Essencial Ed. Sextante, Rio de Janeiro, 2013.