Alemanha e a importante cidade de Konstanz

Oi Gente

O post de hoje tem como objetivo trazer aqui para você sobre essa cidade da Alemanha, com o nome de Konstanz ou Constance, que fica na fronteira da Alemanha, Suíça e Áustria. Uma cidade importante do Sul da Alemanha, com muita cultura, historia e um comércio muito movimentado, pelos habitantes dos três países, devido aos seus preços competitivos.

Estive por lá em fevereiro de 2017 e divido aqui com você o que vi e um pouco da história da mesma e sua importância, caso queira aproveitar sua viagem para colocá-la em seu roteiro. Trago também fotos de fantasias que achei muito interessantes e a linda escultura Imperia e sua história que está lá atraindo muitos turistas em sua volta…

Primeiramente gente vou dividir algo aqui com você que sempre fiquei pensando a respeito. Caso alguém possa me dar a explicação eu agradeceria.

Não entendo até hoje o porquê das cidades terem seus nomes originais e existir isso de tradução para outras línguas. Por que London tem que ser Londres? Por que Milano tem que ser Milão? Por que Genève tem que ser Genebra?, só para citar alguns exemplos.

 

No mapa acima você poderá observar onde fica essa cidade e observem os nomes que ali estão. 

Então o nome da cidade é Konstanz e por aqui Constance. O nome do lago conhecido como Lago Constança, devido a cidade Konstanz, pelo que eu entendi  ele é chamado e conhecido na  Alemanha por Bodensee. É só um comentário que eu, particularmente, não consigo entender. Nome é nome e sou da opinião que deveria ser sempre o nome original. Mas, vamos lá….

 

Estive nessa cidade em 2017, em uma visita com amigos suíços, que nos levaram para conhecer. Era época do carnaval e por isso trago aqui algumas fantasias que achei interessante e se você gosta de baile a fantasia, poderá, quem sabe, servir de sugestão ou de inspiração.

A cidade de Konstanz

 

Essa cidade fica na fronteira entre a Alemanha, Suíça e Áustria. Esse dia, especificamente,  o comercio oferecia várias ofertas e, assim, estava bem movimentada. É grande a quantidade de suíços que atravessam a fronteira para realizar suas compras nessa cidade, devido aos preços serem inferiores e, segundo informações, a travessia da fronteira entre Suíça e Alemanha para a realização de compras, realmente compensa.

Na parte da manhã, visitamos a Ilha de Mainau, um passeio imperdível por aqueles lados. Já trouxe dois posts aqui sobre o que vimos por lá.

Ilha Mainau no Lago Constança na Alemanha

Sequoias e o Castelo Barroco da Ilha Mainau na Alemanha

Na parte da tarde aproveitamos o dia para passear nessa cidade.  Konstanz é uma cidade que teve a felicidade de não ter sido atingida nos bombardeios das duas Guerras Mundiais. A cidade é de grande relevância histórica.

 

A cidade estava bem movimentada nesse dia

“A partir do século VI até o ano de 1827, Constance foi o bispo da maior diocese alemã. Localizada na intersecção das principais vias de comércio entre a Itália, a França e a Europa Oriental, a cidade tornou-se um importante empório para o comércio de peles, linho e especiarias do século X ao XIV. No século XV, um conselho de quatro anos teve lugar em Constance que atraiu 72.000 visitantes, entre eles 3000 prostitutas. Uma caminhada pela cidade é um encontro com muitos vestígios de séculos passados de prosperidades”. http://www.konstanz.de/en/01800/01803/index.html

No ano de 1414, durante quatro anos a cidade de Konstanz tornou-se o centro do mundo cristão. “Longe dos grandes centros da Igreja na época, era aqui que seria encontrado um novo Papa. O Rei Sigismundo convocou o Concílio de Constança e o “maior congresso da Idade Média”teve início.”

O clima desse dia na cidade era de festa, brincadeiras, alegrias, e o jeito era aproveitar para também entrar nesse clima. Famílias, pessoas de todas as idades, estavam nos espaços públicos se divertindo. A segurança, tranquilidade e diversão com que todos dividiam esse momento era de se admirar, como acontece em vários países europeus e que, infelizmente, não podemos falar o mesmo do nosso país, principalmente hoje em dia.

 Por onde se passava encontrava grupos de pessoas fantasiadas.  Abaixo algumas fotos  que registrei por lá. 

 

 

 

 

 

Olha essa cena da carinha do bebê com o rapaz fantasiado

Passeio na beira do lago Constance

Visitamos algumas lojas por lá, afinal ninguém é de ferro, e a curiosidade sempre nos pega em algum comércio. Se você é mulher, com certeza, entende bem essa parte, fomos até o posto de Konstanz onde a vista é maravilhosa. O lago está todinho lá para ser apreciado, e que tem também um pouco de história a ser contada.

 

 

Com o som dos nossos irmãos peruanos, esse momento se tornou mais agradável. As fotos abaixo traz  um pouco da famosa escultura, a qual é mais um ponto de atração para os turistas na cidade.

A estátua, com nove metros de altura, não tem como não chamar a atenção.  Essa escultura foi construída por Peter Lenk, em 1993 e tornou-se um marco da cidade. Ela representa uma prostituta que foi uma figura literária nos contos de Honoré de Balzac.

Nas suas mãos estão duas pequenas figuras masculinas nuas, representando cada uma delas as “regalias do poder secular e clerical.”

Essa escultura fica girando e você, na mesma posição pode observá-la nos diferentes ângulos. Achei hiper legal.

 

Essa escultura é a representação da Imperia, “imortalizada no conto “A Bela Impéria”de Honoré de Balzac, publicado no século XIX. A obra é uma homenagem às prostitutas que viveram por aí no século XV durante as negociações para o “Conselho de Constança”, que resultou  no fim de um longo conflito entre o Império e a Igreja. É por esse motivo que a na estátua, a Bela Impéria aparece segurando o Papa em uma mão e o Imperador na outra.https://www.tripadvisor.com.br/ShowUserReviews-g198393-d10232374-r393300438-Imperia-Konstanz_Baden_Wurttemberg.html#

 

Então gente, quando em viagem, é natural que queiramos aproveitar o tempo para se conhecer o máximo possível de um lugar. Mas com o tempo e a “idade” vamos aprendendo que nem sempre isso é possível e que o legal das viagens são aproveitar e curtir os momentos. 

Para quem vai com mais tempo, pode-se pensar na possibilidade de fazer um passeio pelo lindo lago Constança e apreciar as belezas do lugar.

 

Penso que, até mesmo sobre a  nossa cidade, mesmo morando há anos, conhecemos tudo não é mesmo? Então, acredito que viajar é aproveitar os momentos e ver o que é possível, desde que isso não lhe tire a graça do viajar que é também poder descansar, sair da rotina,  curtir, apreciar e fazer desse momento algo a ser lembrado com alegria e satisfação. Não curto viajar com correria, com excesso de canseira, para dizer que viu tudo e, ao mesmo tempo, não viu nada, ou seja “tudo não dá”. 

Essa cidade tem muita história para contar, tem muitos lugares a ser visitado, como a catedral que dizem ser linda e demais lugares como outras da Europa. É sempre bom poder pensar que, quem sabe um dia, poderemos voltar para poder ver mais detalhes do lugar.

Enfim, fiquei feliz pela oportunidade de passar por aqui, em um dia especial e principalmente com pessoas especiais para gente e sou agradecida por isso. 

 

Era isso por hoje.

Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.

 

 

 

Referências:

http://www.konstanz.de/en/01800/01803/index.html

Konstanz ou Constance