Dica de Filme: Tess

Oi Gente

Hoje é sexta feira e para quem está sem nenhuma inspiração, ou alguma opção de um filme, o post de hoje traz aqui para você a dica desse Filme Tess, do diretor Roman Polanski, tendo como atriz principal a Nastassia Kinski, de uma beleza maravilhosa.

 Um drama da época vitoriana que, além da história, nos possibilita visualizar paisagens bucólicas,  bem como hábitos e costumes desse período…  

 

Tess é um filme de 1979, que ganhou 3 Oscars (fotografia, figurinos e design de produção) e mais 6 indicações. É sobre a história de vida de uma jovem que para atender o pedido da mãe, a fim de resolver dificuldades de sobrevivência  da família, é arremessada a um mundo totalmente diferente do seu, para o qual não estava preparada, em função da própria ingenuidade característica para uma jovem do meio rural da época.

O filme retrata, também,  a vida das mulheres, do século XIX, da era vitoriana (período que vai de 1837 a 1901) onde a mulher era subjugada por padrões machistas, sendo submetida a padrões rígidos de toda a ordem.

Um filme, embasado no romance de Thomas Hardy, cujo nome original é Tess of the  d’Urbervilles, um romance clássico da literatura inglesa do século XIX.

Sinopse:

Tess, (Nastassia Kinski)  sendo a mais velha dos filhos de uma família numerosa que vive na zona rural e, devido as dificuldades financeiras da família, embora contra sua vontade,  é convencida por sua mãe de procurar ajuda na casa de parentes mais afortunados.

Um pai alcoólatra e não muito chegado ao trabalho, vive de lembranças do passado, mas  não tem a capacidade de prover as necessidades de toda a família. Sua mãe vê na filha mais velha a possibilidade de ajuda-lá para o sustento dos irmãos.

Assim, se dirige a casa de um “falso primo”  Alex D’Urberville ( cujo ator é Leigh Lawson), o qual,  encantado pela beleza de  Tess, a seduz, aproveitando-se da inocência da jovem e posteriormente a abandona. A jovem ao voltar para a vida rural percebe que está grávida e é discriminada no lugar e não conta a Alex sobre o ocorrido. Após todo o seu sofrimento e passado algum período decide sair novamente em busca de oportunidades para ajudar a carente família.

Tess em um outro momento encontra o seu verdadeiro amor, Angel, filho de um pastor, o qual era contra aos ditos da sociedade em que vivia. Esse fato fascinou Tess, mas ela tinha um segredo e um desafio:  contar a ele a sua verdadeira história passada que a fazia sofrer. Após o casamento, em sua primeira noite, não conseguindo iniciar essa relação com esse segredo de seu passado, resolve contar o que havia acontecido antes de se conhecerem. A partir dai, devido a todo o contexto sobre casamento da época, nem Angel conseguiu suportar a realidade de Tess.  Os dois viveram momentos de sofrimento em função desses acontecimentos.

É uma história de amor e sofrimento, onde a jovem Tess passa por situações nunca imaginada por ela. 

Se você curte filmes de épocas passadas, fica aqui essa dica então. Vi e gostei e espero que curtam também.

Enfim gente, é um filme que além de refletir sobre as condições que as mulheres da época sofriam, e eram submetidas, fala também sobre como um amor pode ser desfeito, influenciados por situações externas de uma época e de ditos de uma sociedade, chegando a consequências nunca imaginadas.

Era isso por hoje.

Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.

Referências:

Imagens disponíveis na web.