Suíça – Fábrica de charutos em Brissago

Oi Gente

Como havia dito em alguns posts anteriores, aqui está a visita que fizemos a uma fábrica de charutos na Suíça. O interessante é que ela é parceira de outra aqui do Brasil, onde a sede aqui é na Bahia na cidade de São Félix e na Suíça fica  em Brissago e o nome da fábrica é Dannemann. É sobre isso o post de hoje, veja por aqui o que aprendi sobre isso e quero dividir com você.

IMG_7378

Até então gente  eu juro que não sabia nada sobre esse assunto charuto, só sabia que um bom charuto tem um preço alto. Mas agora entendi bem o porquê de toda essa história.

IMG_7311

Então gente, na realidade nós visitamos o Centro Dannemann, na Suíça, onde nos passaram alguns filmes nos contando toda a história da empresa e do processamento das folhas de tabaco até chegarem a ser um charuto mesmo.

IMG_7323

Pelo que entendi gente, as plantações do tabaco vem das fazendas no Brasil, onde tudo é muito selecionado com um padrão de qualidade muito grande. E tudo é feito artesanalmente mesmo.

IMG_7324

As folhas do tabaco são todas selecionadas, tem todo um processo específico de secagem, em ambiente próprio e depois cada charuto é enrolado manualmente por pessoas que são treinadas e tem que ter toda um habilidade especial para que se possa ser enrolado essas folhas selecionadas. É um processo longo.

IMG_7328

Conheci por lá a Luciana, uma brasileira que está lá no centro e recebe os visitantes para uma demonstração de como se enrola um charuto.  Para ser uma charuteira tem curso especial e tem que passar por provas para ser aprovado. Se o charuto não é bem enrolado não consegue sair a fumaça. Tem todo um processo especial, e é enrolado manualmente um por um.

IMG_7351

Essa é a Luciana que mora na Itália e vem todos os dias trabalhar ali no centro. A sua família aqui no Brasil é de Marília e me falou bastante da sua rotina e do quanto ela curte trabalhar por lá que é muito legal e só gosta de vir ao Brasil a passeio, pois se adaptou muito bem na Itália. Um beijo para você Luciana.

IMG_7353

A Empresa foi desenvolvendo diferentes tamanhos e tipos de charutos também. Agora você imagina para quem parou de fumar há um ano, acabei não resistindo e fumei um por lá. Experimentei um que é Sweet que quando a gente fuma, fica um gostinho doce na boca e o mais interessante que não deixa cheiro na gente, como os cigarros comuns. É uma tentação viu gente.

IMG_7336

Após a visita pudemos experimentar alguns deles. Esse centro fica em um lugar bem bonito e pela janela tem uma vista maravilhosa do lago Maggiore.

IMG_7338

Essa é uma das vistas que se tem da janela, que lugar mais lindo para se trabalhar. Amei.

IMG_7342

 

IMG_7366

 

IMG_7372

 

IMG_7375

 

IMG_7330

As fotos abaixo são aqui do Brasil, na Bahia no recôncavo Baiano, onde fica a fábrica em São félix, uma cidade bem pequena na Bahia. E a Bahia foi escolhida pelo clima e o solo que é propício para a plantação do fumo, que lhe garante a qualidade do mesmo.

 

No site abaixo, em referência, caso você tenha interesse de saber mais sobre o assunto, lhe explicará mais sobre todo o processo. Aqui as charuteiras, que é uma profissão enrolando os charutos no Brasil.

IMG_7358

Achei legal também, que ao final da visita a gente preenche esse pedacinho de madeira com o nome dos visitantes e cada um deles significa a plantação de uma árvore. É um projeto Adote uma árvore, como uma forma de ajudar no reflorestamento da nossa mata atlântica.

IMG_7330

Enfim, gostei da visita por me proporcionar um pouco de conhecimento sobre a produção de um charuto. Embora é muito pouco tempo para entender e absorver toda a informação, pude constatar que faz sentido o preço que se cobra por um charuto e para quem é um bom apreciador não deixa de ter todo um ritual e uma história por traz de cada marca de charuto. Lembrando ainda que apesar de todo esse glamour ele também faz mal a nossa saúde.

Era isso por hoje gente.

Obrigada pela visita. Você é sempre bem vindo(a) por aqui.

Um abraço.