Como você escolhe envelhecer?

Oi Gente

Hoje esse post é para você, seu marido ou sua esposa, ou para seus pais, seus tios, seus avós, que já passaram do meio século, assim como eu. Primeiramente você pode estar perguntando o que é envelhecer bem?  Isso pode ser tão relativo, porque já faz a gente questionar o que é bem para mim e o que é bem para você, mas vou falar o que penso sobre isso…

 

Casal caminhando no parque. iStockPhotos

Bem gente, vou falar bem a verdade, envelhecer ou ficar velho não tem lá tantas vantagens, não é mesmo? Você vai ganhando sabedoria,  tudo bem, isso é ótimo, mas são tantas perdas que o negócio não é lá tão lindo como alguns querem que seja.  Que delícia se pudéssemos chegar aos 40 anos, continuar envelhecendo a cabeça, com a sabedoria que a idade nos dá, mas convenhamos que o “corpicho”, esse coitado, vai é despencando mesmo. Uns mais outros menos, mas não tem plástica que seguro tudo, pelo contrário, as vezes segura tanto que até deforma.

Mas quando vejo e escuto tantas coisas sobre o ato de envelhecer, juro que a fala que mais me convenceu até hoje é essa:  “É melhor ficar velho do que morrer novo”. Essa gente, foi a frase que mais eu me apeguei e me convenceu até hoje sobre fato de ficar velho. Ou seja, para não ficar velho só morrendo novo. Como amo viver, e não quero morrer nova, então o negócio é tentar e fazer a nossa parte para envelhecer o melhor possível. Fico encantada quando vejo esses senhores e senhoras velhinhas, bem dispostas e encarando a vida como se a idade não incomodasse.

Quando a gente viaja para a Europa, juro gente é uma delícia, como eu me sinto jovenzinha por lá, porque você vê as pessoas idosas, idosas mesmo, acima dos 85,  inseridas na sociedade, ainda com autonomia e principalmente sendo respeitadas pela população. Muito legal isso, você volta com mais vontade de viver ainda e se cuidar para chegar a essa idade.

Eu sou bem comilona, bem entendido gosto de comer geralmente aquilo que não pode, ou seja as coisas boas da vida, as comidas deliciosas, gordas e calóricas, nem sei se tenho problema com relação a engordar ou não, porque juro eu nunca fiz uma dieta. Sou bem relapsa nisso mesmo e por sinal estou acima do meu peso, ainda mais depois de ter parado de fumar, e o mais engraçado ou triste na realidade é  que esses tempos fui no meu endocrinologista e juro, falei assim: “Olha dr. por favor, já curti minha juventude, já tive o meu corpo razoável de bonito, já me casei, tenho três filhos que são meus tesouros, já estão adultos e como toda mãe acho eles lindos,  já fiz tanta coisa na minha vida e ainda quero fazer, mas não me pegue no pé por causa desse colesterol e ficar me falando que tenho que emagrecer.

Ele me olhou bem tranquilamente e só me disse assim: “Olha aqui dona Mari, você me fala que quer curtir muito a vida ainda, mas você já reparou se existe muitos velhinhos acima de 80 anos obesos? Tem sim alguns, mas a estatística mostra que são os magrinhos que sobrevivem mais, começa a observar e depois você pensa a respeito”.

Nossa gente juro foi um tiro certeiro. E pior, comecei a observar e pensar . Ai pensei, porque a cabeça foi feita para pensar não é mesmo?: O laia,  pior que fiquei olhando na minha família e vi que realmente quem foi mais longe, somente os magrinhos, pois os gordinhos foram os primeiros a furar fila, e já partiram dessa vida, inclusive meu papi que por sinal também era gordinho e pasmem com 56 anos. (triste né?, muiiito triste, saudades eternas).

Ai  gente é fogo,  mas a vida realmente não é como a gente quer. Ela é feita de escolhas. Mas sempre digo que viver também dentro do que manda o figurino, sem poder nada,  que vida é essa? Não pode beber, não pode comer, não pode fumar, não pode relaxar muito que enferruja, não pode, não pode, não pode. Olha a pressão alta, olha o diabetes, olha o colesterol. Por que se você fizer a tarefa de casa certinha, de alguma coisa vai ter que morrer não é mesmo? E dizem que se tudo andar direitinho, é de algum desses três amiguinhos ai indesejáveis que vão te carregar para o outro lado. Mas que lado é esse? Não sei, não estou com pressa de saber viu gente. Isso são os três amiguinhos, indesejáveis, da velhice isso se você já não tiver com alguns companheiros indesejados te fazendo companhia nessa caminhada.

Olha gente, então como acredito que já passei da metade para frente, resolvi começar a pensar mais seriamente sobre essa realidade que é envelhecer e envelhecer bem. Por que vamos falar a verdade, ficar velho é tudo de bom porque é sinal que está sendo vencedor e sobrevivendo mais tempo por aqui, mas dizer que é lá mil maravilhas, vamos falar a verdade neh? Você não enxerga direito, não escuta direito, não come direito,…

Assim sendo, esse ano parei de fumar, e por incrível que pareça ainda fumei até março de 2015 e te confesso como eu gostava do danado, mas o meu projeto de envelhecer bem tinha que começar por ali,   e agora comecei a tão (indesejada) academia. Porque respeito quem gosta e curte, mas eu a vejo como um verdadeiro castigo. Mas é uma castigo bom sabia, tipo aquele que depois que você recebe, você fala que valeu a pena. É bem assim, poxa tem essa academia hoje, que m. , até trocar de roupa, colocar o tênis e ir para lá, mas depois que termina é uma sensação de missão cumprida, e depois de umas 2 semanas você já observa o seu pique melhorar.

Agora gente, largar a minha coca-cola, está difícil, muito difícil, ou melhor nem tentei ainda, essa vai ficar para o próximo ano e baixar o peso também. Porque estamos em dezembro e me poupe ficar fazendo dieta em final de ano não é mesmo?

Mas gente depois de tanta conversa por aqui, vou te falar uma coisa que penso e vejo todos os dias, que o mais importante de tudo isso mesmo é cuidar da cabeça. A essa é o grande problema na velhice. Cabeça tapada ninguém merece. Abrir a cabeça para o novo, respeitar a experiência dos mais jovens, acompanhar o tempo. Viver de saudosismo é bom, mas não podemos tirar o pé do presente, é aqui que vivemos e aqui que temos que sobreviver e encarar o dia a dia. Se está diferente do que você quer, o que você criatura pode fazer para melhorar um pouco o seu dia a dia? Se você puder dar conta de você mesmo, sem atrapalhar o mínimo os outros, já merece nota 10 e tentar levar o dia a dia, a hora a hora curtindo e vivenciando esse caminho que é a nossa vida.

Na hora de chorar, chorar, na hora de trabalhar, trabalhar, na hora de descansar, descansar, na hora de passear, passear e assim por diante. Lembrando que a gente não controla nada nesse mundo e muitas vezes nem nosso próprio intestino (kkk), quem dirá o que vai na cabeça de outras pessoas. Cuidar da nossa já está de bom tamanho. Como diz Lacan: “Eu sei o que eu falo, agora não sei o que o outro escuta”. Agora se a tua cabeça anda embaralhada, anda desgastada, não dando conta do recado pelos desafios do dia a dia, pense seriamente em fazer uma análise ou em uma terapia, com bons profissionais dessa área,  junto com a academia, a dieta, o lazer. Agora se estiver sem grana para encarar tudo isso, sugiro pelo menos arrumar gente uns bons livros para te acompanhar nesse rumo a velhice.

Aí sim acredito que você vai envelhecer podendo se dar o direito de curtir um pouco daquilo que você plantou desde a sua juventude.

Aprenda a se respeitar, a dizer não quando necessário e ouvir o seu real desejo, afinal já está na hora de se dar o luxo de fazer um pouco daquilo que você, somente você, sabe o que é e o prazer que te dá.

Se ouça e se permita. Acredito que essa é a sua verdadeira sabedoria e a arte de envelhecer.

 

É Que Um Carinho, Às Vezes, Faz Bem... Amor, carinho, dedicação neste casal de idosos.

 

Era isso por hoje gente.

Obrigada pela visita. Te vejo por aqui.

Um abraço.