Você sabe quais são os dois maiores medos do ser humano?

Oi Gente

Eu vim hoje falar um pouco sobre essa palavra tão pequena com apenas 4 silabas, M E D O , mas que consegue fazer um estrago na vida de qualquer pessoa…

Medo Insegurança Cidade

Então gente, todo dia você mesmo sem observar acaba escutando de um ou de outro amigo, parente, empregado, pessoas enfim do seu convívio essa palavrinha MEDO. Pense bem se você observar e escutar melhor aquele que fala com você possivelmente irá observar e lembrar sobre ter escutado a palavra MEDO. Frases como essas por exemplo:

  • Eu tenho medo de avião;
  • eu tenho medo de dirigir;
  • eu estou com medo de perder o emprego;
  • eu tenho medo de ligar para ele e receber uma resposta negativa;
  • eu estou com medo de falar com meu patrão;
  • eu estou com medo do meu dinheiro não dar;
  • eu tenho medo do escuro;
  • eu tenho medo dessa doença;
  • eu tenho medo de ladrão;
  • eu tenho medo das drogas;
  • eu tenho medo da velhice;
  • eu tenho medo de não passar de ano;
  • eu tenho medo de dirigir;
  • eu tenho medo de cachorros;
  • eu tenho medo de insetos, cobras, bichos em geral, etc

Se eu ficar escrevendo aqui, estou certa que faltaria espaço para relatar tantos medos que permeiam a mente e o dia a dia do ser humano.

As vezes a gente observa algumas manchetes classificando os maiores medos de 1 a 10 e tudo isso, mas gente pensa aqui comigo: Qual é realmente o seu maior medo e de todos os humanos?

Advinhou?

Então, é esse mesmo é o medo de MORRER.  Se você pensar em todos os medos que são falados e colocados pelas pessoas todos eles te levarão a um único medo, o medo da finitude do ser humano.

Você não tem medo de andar de avião, o que você tem é medo do avião cair e você morrer não é mesmo?

Você não tem medo do ladrão, você tem medo do ladrão fazer algo com você que possa te levar a morte, concorda?

Você não tem medo de perder o emprego, você tem medo de ficar sem dinheiro e isso comprometer sua sobrevivência porque sem o dinheiro você não poderá comprar alimentos por exemplo, pagar o aluguel e isso equivale a dizer que levará a outros problemas, de saúde que precisará dinheiro para se tratar para poder ficar bem, e assim vai…

E sabe gente qual é o segundo maior medo do ser humano é esse mesmo é o medo de ficar LOUCO, de não ser mais respeitado, de não saber o que está fazendo, de não poder ter o convívio na sociedade com as demais pessoas, de ser interditado pela justiça.

Então e o que fazer com todos esses medos?

  1. Tente pensar até que ponto esse seu medo está te “travando” de fazer coisas importantes na sua vida;
  2. Se os medos que você diz ter são reais ou são imaginários;
  3. Se esses medos são realmente seus ou são medos que alguém colocou para você;
  4. Qual é o grau de medo que você tem?
  5. Como você é único nesse mundo, o seu medo também é único, sendo assim não pegue o medo dos outros.

Se os medos que estão te afetando são muitos,  ao ponto de você não poder enfrentá-los, então está na hora de você buscar ajuda. É preciso falar sobre eles para que possam ser trabalhados e elaborá-los de forma que você não fique paralizado em suas atividades em função dos mesmos.

Tem tratamento?  Tem sim gente.

  1. Em primeiro lugar basta admitir que você se encontra nessa situação,
  2. buscar um profissional que trate do assunto;
  3. levar o tratamento a sério;
  4. para tocar sua vida de modo mais leve;
  5. descobrir o grande potencial que pode estar dentro de você e está sendo bloqueado devido a alguns medos que você precisa elaborar.

Agora gente, lembre-se que o medo faz parte do ser humano até mesmo para preparar uma defesa, um medo normal que faz você pensar antes de fazer determinadas escolhas na vida e isso também se dá o nome de responsabilidade, esse tipo de “medo” é saudável e importante.

Com o nosso país em total desordem e com a economia instável é natural que você fique assustado e desenvolva algum tipo de medo, medo esse que pode ser chamado de insegurança.

Mas, ao pensar que não é só você que está em um país desorganizado, enfrentando as dificuldades econômicas que a situação apresenta, já te possibilita a lidar melhor com seus medos.

Siga o dia a dia, cada momento, cada situação encarando os problemas dentro daquilo que você possa fazer. Não queira ser super-homem ou super-mulher, aceite suas limitações e faça o que é possível ser feito. Assim, o grande medo que é mais imaginário do que real, poderá estabilizar de uma forma que você possa encará-lo.

Você pode, você consegue e se não conseguir sempre há tratamento. ok?

Um abraço.